{Primeiros Passos} Killing Spree! (Dia: 10/08/2015)

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

{Primeiros Passos} Killing Spree! (Dia: 10/08/2015)

Mensagem por (EXST)Érebo em Seg Mar 02, 2015 6:27 pm

Relembrando a primeira mensagem :

1. Narrativa


Os quatro semideuses foram convocados por Quíron para a Casa Grande logo após serem reclamados. Alguma coisa de errado estava acontecendo dentro do perímetro do acampamento. O nervosismo do centauro passava dos limites cabíveis, onde sua testa e pescoço possuíam as veias saltadas. Ordens e mais ordens eram dadas aos sátiros e aos semideuses do recinto, com uma correria absurda sendo feita.

Os suprimentos estavam escassos, a segurança não era o maior forte e as enfermarias estavam lotadas, com sátiros carregando semideuses feridos, ao ponto de morrer. Logo, o centauro coordenador do acampamento voltou a atenção aos quatro semideuses, dando-lhes instruções para caçar o que diabos estava fazendo aquela chacina. E de preferência, rápido. O entardecer não duraria muito mais e a noite, quando chegasse, complicaria a tarefa.


2. Diretrizes da Postagem


— Período do dia e temperatura: Entardecer, quase noite. 23°C
— Seguinte: Narrem tudo o que foi descrito acima do ponto de vista de seus personagens.
— Narrem como foram reclamados.
— Mascotes não serão permitidos.
— Vocês pararão a narração quando forem mandados pra dentro da floresta.


3. Regras


— A primeira regra e a mais importante: SIGA AS REGRAS E AS DIRETRIZES. Eu sou o último ser na face da Terra para o qual vocês podem pedir clemência.

— Revise o seu texto quantas vezes precisar. É aconselhável a utilização de um corretor ortográfico.

— Tome cuidado com incoerência e siga os pontos obrigatórios, podendo soltar a imaginação a partir deles.

— Armas levadas e poderes utilizados, separando passivos de ativos, em spoiler, ao final do post. Possíveis traduções entram nesse quesito também.

— Caso haja a utilização de um template, não use nada que prejudique na leitura.

— Não utilize cores "cegantes" nas falas. Eu penalizarei.

— Seu prazo de postagem é de dois dias, a partir do momento em que a narração for postada. Prazo até: (04 de Fevereiro de 2015: 18:28)

— Agora que vocês estão em uma missão, é claro, vocês não podem exercer mais nenhuma atividade que lhes dê XPs. Nenhum treino ou coisa assim – ou seja, eu não vou colocar sobre situação atual do jogador, porque é óbvio que não vai mudar.

— Isso é uma missão narrada. Eu narro.

— Dúvidas, reclamações, problemas, questões, e comentários por mensagem privada, vulgo MP. Nenhuma outra forma de contato será aceita, a menos em caso de aviso urgente.

K
I
L
L
I
N
G


Última edição por Hades em Ter Mar 03, 2015 8:22 pm, editado 2 vez(es)
Deuses
Deuses
avatar
(EXST)Érebo
Título : Deus Primordial
Fama : Divino

Idade : 19

Ficha do personagem
PV:
9999/9999  (9999/9999)
PM:
9999/9999  (9999/9999)
PR:
9999/9999  (9999/9999)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: {Primeiros Passos} Killing Spree! (Dia: 10/08/2015)

Mensagem por Finn Wolff Freibövich em Qui Mar 12, 2015 9:02 pm

C'est un froid, cruel, la dure réalité. Pris, coincé, ici avec vos ennemis. Qui pensez-vous que vous êtes, nous Déchirer tout à part? Où avez-vous que vous pourriez aller? Parce que tout le monde sait déjà. Sa vingt à un, de sorte que vous feriez mieux de courir. Vous avez obtenu le monde sur ses genoux, Votre prenant tout ce que vous s'il vous plaît, vous en voulez plus, mais youll obtenir rien de moi comme votre le fardeau avec de l'air Vous aimez la haine que nous partageons Vous en voulez plus, mais youll obtenir rien de moi, mais des ennemis.

Minhas pernas tremeram quando escutei o som de um bebê chorando. Era um barulho forte e a criança parecia ter muito fôlego. O som macabro foi passando e ao olhar para cima não consegui ver mais os corpos pendurados. Tudo havia desaparecido. Em instantes, minha retina se acostumou com a luz solar que tomava conta da floresta. Pisquei várias vezes com força para acreditar no que estava ocorrendo no local, mas não havia palavras que pudessem definir o que havia acontecido. Olhei em minha volta para falar com os outros semideuses, mas assustei. Meu coração quase saiu pela boca e senti uma vontade de vomitar. Todos estavam mortos, mas apenas eu teria sido poupado? Mas será que seria o próximo da lista?

Encarar sua possível morte não é algo coerente, não me senti bem em ter que ver os corpos dos outros no solo. Nunca havia falado com eles e muito menos não existia nenhum sentimento de amizade, por minha parte claro. Mas tudo aquilo parecia um pesadelo, dos piores que tive na minha vida, mas quem teria tanta força para influenciar nossas mentes?

Com um suspiro levantei de uma cama, estava muito cansado. Meu corpo estava sujo com a lama densa do acampamento. Não conseguia levantar minha cabeça do travesseiro. Meu corpo pulsava, parecia que havia malhado ou até mesmo corrido uma maratona. Minhas memórias eram um misto de dúvidas. Não sabia explicar se tudo foi um sonho ou se vivi realmente aquela passagem em minha vida. Porém estar deitado e naquela situação só fazia minha cabeça ferver com variados pensamentos sobre tal situação. Suspirei e fiquei tentando entender o que havia acontecido comigo. Não era uma sensação boa ter parte do seu dia apagado da mente.

Armamento:
Espada Sísmica [Bronze Celestial // Uma espada forjada em bronze celestial com a lâmina em um azul esverdeado. Sempre que é cravada contra o chão causa pequenos tremores que desequilibram todos a sua volta, inimigos e até mesmo aliados, não afetando apenas o dono da arma. Quando não está em uso transforma-se em um anel de prata com o símbolo de um tridente // Presente de reclamação de Poseidon].
Escudo Marítimo [Bronze Celestial // Um escudo redondo feito em bronze celestial que se esconde em forma de uma pulseira de bronze quando não está sendo usado. Possui a habilidade de criar uma barreira d’água ao redor do semideus que o protege de ataques mágicos e de longa distância por um turno, podendo ser usada duas vezes por missão // Presente de reclamação de Poseidon].

THANKS TO MIIRA @ OPS!


Progênie de Poseidon
Progênie de Poseidon
avatar
Finn Wolff Freibövich
Título : Novato
Fama : Neutra

Idade : 21

Ficha do personagem
PV:
720/720  (720/720)
PM:
720/720  (720/720)
PR:
720/720  (720/720)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Primeiros Passos} Killing Spree! (Dia: 10/08/2015)

Mensagem por Babette Wermöhlen em Qui Mar 12, 2015 10:38 pm



let's pray with a murderer
Sofreu calada. Tinha quase certeza de que era Clove, mas não queria olhar. Não queria vê-la machucá-la novamente. Desviou os olhos para baixo, enquanto sentia novamente as pernas perderem o vigor, e caiu de joelhos. A visão ficou turva, enquanto um choro forte de criança pequena soou de todos os cantos, e Babette não conseguia identificar de onde caralhos aquilo vinha. Xingou-se mentalmente por parecer tão frágil, tão molestável, à mercê daquilo que vinha em sua direção.

E no segundo seguinte, tudo havia passado. O calor do sol enchia-lhe a face corada, iluminando até demais tudo ao seu redor. Ela piscou, a visão entrando em foco novamente, e o choro havia passado. Não ouvia mais as gotas de sangue colidindo com o solo da floresta, e, ao olhar para os galhos das árvores, nada encontrava. Nenhum corpo, somente...

Somente o dos companheiros. Viu, confusa, o corpo do irmão Elijah estirado contra uma árvore, imóvel, a garganta cortada e o sangue escorrendo enquanto encharcava suas vestes e coloria sua pele com o marrom ferroso das hemácias presentes no líquido, já secando. Viu Leah deitada sobre uma pilha de folhas ensanguentadas, o rosto belo contorcido em uma expressão de terror. E Finn, entre os outros, de costas para cima, o sangue saindo da sua boca. Só não entendia o porquê de ter sido poupada. “Puta sorte?”, pensou.

Levantou-se da cama, sentindo uma pontada na cabeça. Na realidade, não queria se levantar. Queria dormir pra sempre. Queria esquecer aquilo tudo. Talvez devesse estar bêbada, então acreditaria que era somente uma ressaca. Mas algo em seu íntimo dizia-lhe que não.

Armamento:
• Espada Infernal [Ferro Estíge // Uma espada forjada em ferro estíge que, ao ser guardada na bainha, se for a vontade de seu dono, encolhe seu tamanho o suficiente para que possa ser guardada no bolso. Sempre que tira a vida de algum ser, absorve e aprisiona sua alma dentro da lâmina, guardando-a para usos posteriores do filho de Hades. Almas guardadas: 00 // Presente de reclamação de Hades].

• Elmo das Sombras [Ferro Estíge // A réplica do elmo das sombras de Hades, que dá ao semideus que o veste o poder da invisibilidade por um turno, habilidade que pode ser ativada duas vezes por missão. Quando não está em uso, transforma-se em uma touca preta de lã // Presente de reclamação de Hades].
Hades:

[Passivo!] [Nível 05] Alma Sombria – O filho de Hades possui uma aura sombria que ronda seu corpo, por ser filho de quem é. Todo ser vivo que se aproxime sente um pequeno incômodo com sua presença, como estar diante da morte.



hey satan! paid my dues, playin' in a rockin' band. hey mama! look at me, i'm on my way to the promise land. uau!

Progênie de Hades
Progênie de Hades
avatar
Babette Wermöhlen
Título : Novato
Fama : Bitch q

Idade : 21

Ficha do personagem
PV:
520/520  (520/520)
PM:
520/520  (520/520)
PR:
520/520  (520/520)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Primeiros Passos} Killing Spree! (Dia: 10/08/2015)

Mensagem por (EXST)Érebo em Sab Mar 14, 2015 5:33 pm

~+24 horas para postagem de Elijah e Alice. Ao fim do prazo, eu encerro a missão.
Deuses
Deuses
avatar
(EXST)Érebo
Título : Deus Primordial
Fama : Divino

Idade : 19

Ficha do personagem
PV:
9999/9999  (9999/9999)
PM:
9999/9999  (9999/9999)
PR:
9999/9999  (9999/9999)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Primeiros Passos} Killing Spree! (Dia: 10/08/2015)

Mensagem por Alice Bowes-Lyon em Sab Mar 14, 2015 6:01 pm

killing spree
save my night
Leah estava assustada. A floresta, com toda aquela carga de acontecimentos que fora lançada sobre si, parecia ainda mais tenebrosa do que seria antes de entrar. Segurar o chicote só a tornou ainda mais insegura. Sem habilidade com a arma, só tinha uma vaga ideia de como movimentá-la, fruto de olhares de soslaio a outros semideuses, nas raras vezes em que fora à arena – e isso definitivamente não era tranquilizador.

Eis que um eco horripilante cortou a noite. O choro de um bebê era de deixar qualquer coração de mãe mole como manteiga, mas – naquela determinada situação – teve o efeito contrário: o de Leah apertou-se, o ar faltou aos pulmões da filha de Perséfone. O barulho, então, cessou. Luz vinha do alto das árvores, incomodando os olhos da garota, que ousou olhar para cima. Os corpos haviam desaparecido, e o Sol revelava-se naquele que parecia ser seu momento de maior incidência sobre o acampamento. Leah precisava sair dali. Para isso, contaria com a ajuda de seus companheiros, já que eles eram mais poderosos e deveriam estar mais acostumados a sensações parecidas.

O problema é que eles estavam mortos, como Leah notou ao piscar os olhos.

Não estava pronta para encarar a morte, mas foi o sentimento de dúvida que preencheu a mente da menina. Por que havia sido poupada? Por que, entre os quatro, logo ela?

Leah gritou. Um grito agudo, estridente, urgente – e inútil, também. Ela poderia ter corrido, ter chamado socorro, ter tentado de alguma forma usar aquela merda de chicote que ganhara, mas preferiu gritar. E gritou muito. Gritou até perceber que som algum saía de sua boca. E foi nesse momento que acordou. Sentou-se em sua cama no chalé de Perséfone, suando frio, os lençóis brancos totalmente bagunçados, jogados para todos os lados; seu travesseiro fora parar no pé da cama.

Seu raciocínio ainda estava um pouco lerdo, e sua cabeça ainda doía, como se tivesse sido dopada ou mesmo como se houvesse levado uma pancada muito forte.

Mesmo assim, agarrou-se a um único pensamento.

Foi só um pesadelo, mentalizou, agarrando-se aos cobertores, repetindo a frase como um mantra. Foi só um pesadelo.

Alice Bowes-Lyon:
Armas:
• Chicote de Espinhos [Ferro Estíge e Couro // Um chicote de couro banhado em ferro estíge com três metros de comprimento. Duas vezes por missão, ao ser estalado contra um inimigo, é permitido que lance espinhos venenosos na direção do mesmo, passando a tirar do alvo 20% de PV por turno, pelos próximos três turnos caso acerte. Quando não está em uso se torna um colar // Presente de reclamação de Perséfone]. ATIVADO, MÃO DIREITA

• Bracelete da Serpente [Ferro Estíge // Um bracelete em formato de serpente que possui a habilidade de, ao começar a rastejar sobre a pele do semideus, curar metade do PV perdido em batalha. Não apenas isso, dá a capacidade de sair e entrar no submundo sempre que bem entender, podendo levar consigo um acompanhante. A entrada e saída do submundo ocorre através de teletransporte // Presente de reclamação de Perséfone]. DESATIVADO, PULSO ESQUERDO
Poderes:

Passivos
Considerar todos até o nível quatro.

Ativos
ERROR 404 – Not found.
post #005 | floresta | elijah, babette & finn | save my night by armin van buuren | vestindo isso


Alice Bowes-Lyon
don't believe me, just watch.

Progênie de Perséfone
Progênie de Perséfone
avatar
Alice Bowes-Lyon
Título : Indefinido
Idade : 20

Ficha do personagem
PV:
260/260  (260/260)
PM:
260/260  (260/260)
PR:
260/260  (260/260)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Primeiros Passos} Killing Spree! (Dia: 10/08/2015)

Mensagem por (EXST)Érebo em Dom Mar 15, 2015 6:20 pm

1. Narrativa do Avaliador




O distúrbio causado em seus filhos chegara ao ouvido do deus do submundo. Hades, então, arrumou sua túnica negra e com seu elmo abaixo de seu braço, teleportou-se para o acampamento.

O vento batia no corpo do deus, fazendo os cabelos negros bagunçarem um pouco. A barba, bem cuidada, protegia a parte dos lábios, queixo e pescoço, enquanto a túnica continuava completamente arrumada. A cada passo dado por Hades, a área era coberto por sua aura mortífera que, ao invés de matar, fora modificada pelo ser divino, anestesiando todos os semideuses que ousassem olhar para ele, desmaiando-os para não correrem o risco de morte. Ao adentrar na Casa Grande, todos ali presentes desmaiaram, menos o centauro Quíron e Dionísio, seu sobrinho e também uma divindade, obviamente mais fraca.

Vocês dois, inúteis, meus preciosos filhos estão sendo perturbados novamente por aquela criatura. Se algo acontecer com a integridade deles, não importa se você tem a imortalidade, centauro, eu lhe jogo no Tártaro. O mesmo vale para você, Dionísio.

Após aquelas palavras, sombrias e com teor alto de ameaça, o deus estalou os dedos, sumindo em uma fumaça negra, enquanto todos os semideuses acordavam e seus dois filhos, além das duas outras crianças que tiveram a mesma anormalidade, eram completamente recuperados.



2. Considerações e Avaliação




— Enfim, foi uma missão cansativa e demorada, eu sei. Também sei que a missão não teve tanto nexo, mas eu planejava algo grandioso e fui limitado por essa ser uma MPP e, por isso, a missão teve uma parte tão desconexa.

— Na parte avaliativa, eu queria dizer que vocês foram bem em partes. Eu gostei do modo como narram, mas um conselho é para que coloquem um pouquinho mais da personalidade do personagem. Vocês ficaram limitados ao que eu pedi para narrar, não tentaram explorar vertentes e nem o ponto de vista de seus personagens.

— Outra coisa que eu quero deixar claro é que o meu método avaliativo é diferente dos outros narradores, pois cada um tem suas peculiaridades e eu, por exemplo, não concordo em pontos nos quais outros narradores acham normal. Eu peguei no pé de vocês? Um pouco, mas é pelo simples costume de exigir sempre o máximo de vocês.

— No mais, boa sorte nas próximas missões/narrações, semideuses/intérpretes.



3. Pontuação




As recompensas possíveis são:
• Quatrocentos pontos de experiência (400 EXP);
• Duzentos e cinquenta dracmas (250 dracmas);
• Alteração de título de Indefinido para Novato, com a bonificação de cinquenta pontos de experiência (50 EXP)
• Pontos de Fama: +2


Alice, Babette e Finn recebem o valor de quatrocentos pontos de experiência (400 EXP) e o valor de duzentas e cinquenta dracmas de ouro (250 dracmas)

Elijah recebe o valor de trezentos e setenta e cinco pontos de experiência (375 EXP) e o valor de duzentos e vinte e cinco dracmas (225 dracmas), com tais descontos sendo aplicados pela punição durante a missão e pelo atraso da última postagem.

Todos os participantes recebem o aumento de seu título de Indefinido para Novato, recebendo a bonificação pela conquista no valor de cinquenta pontos de experiência (50 EXP), além de dois pontos positivos de fama pela conclusão da missão (+2 Fama).

Todos os participantes deixam esta missão com seus Pontos de Vida, Pontos de Mana e Pontos de Resistência (PV, PM e PR) recuperados, portanto, sem a necessidade de uma postagem complementar para a recuperação desses fatores.


K
I
L
L
I
N
G
Deuses
Deuses
avatar
(EXST)Érebo
Título : Deus Primordial
Fama : Divino

Idade : 19

Ficha do personagem
PV:
9999/9999  (9999/9999)
PM:
9999/9999  (9999/9999)
PR:
9999/9999  (9999/9999)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Primeiros Passos} Killing Spree! (Dia: 10/08/2015)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum