[EVENTO] GUILTY OR NOT?

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Gaia em Ter Abr 21, 2015 1:35 am

Relembrando a primeira mensagem :

1. Narração


O diretor de atividades do acampamento fitava, através das lentes de seu óculos de grau, um pergaminho. Estava em meio a uma bagunça completa de folhas, livros, pergaminhos e tintas, demonstrando que trabalhava há dias pesquisando sobre algo. Sua expressão era de pura concentração em um misto com a preocupação.

A situação do acampamento preocupava Quíron e ele tinha várias suspeitas e a mais importante delas era Despina, Fstirós (A Rigorosa). Acreditava ser mais um dos seus ataques de ódio da mesma, o que parecia ser provável, afinal, a estiagem poderia ser culpa de quem mais? Era a deusa do inverno, oras.

Recentemente, vários semideuses foram enviados para missões importantes à fim de salvar o acampamento, mas já passaram dias e ainda não voltaram, o que deixava o centauro ainda mais alarmado com a situação.

- Situações drásticas requerem medidas drásticas. – Murmurou consigo mesmo, enquanto fechava o pergaminho com um longo suspiro.

O diretor enviou Tanus, o sátiro, para procurar os semideuses que tinham se destacado na última semana em treinos e missões e depois de algumas horas, o mesmo levou para o escritório da casa grande os seguintes semideuses: Édouard Saint-Exupéry, monitor do chalé de Éolo; Brandon F. Schultz, filho de Hades; Hunter Butler, monitor do chalé de Poseidon; Ania Van Bartz, filha de Hermes e Alicia Blanchett, filha de Atena.

**

Era o último dia de Agosto, 31, exatamente às 10 horas da manhã. Os cinco semideuses estavam diante de um centauro preocupado e agitado. Suas feições demonstravam que há dias não dormia e a bagunça em sua mesa era sinal de problemas.

- Bom, eu queria estar aqui lhes dando boas notícias. – Recebeu desse modo os meio-sangues para então suspirar cansado. – Mas não. Preciso enviar semideuses para uma missão perigosa e vocês são nossas melhores opções, são bem treinados e estão em boas condições.

Por um momento, o recinto afundou em um silêncio desconfortável, no qual Quíron avaliava as reações de seus campistas atentamente. Não poderia permitir que alguém que hesitasse participasse de tal missão. Assentiu e então continuou, calmamente, para não assustá-los mais.

- Estamos em uma estiagem causada por uma força maior do que semideuses ou monstros, além disso, as barreiras do acampamento estão enfraquecendo. Depois de pesquisar muito e coletar informações, cheguei à conclusão que a causa não são os filhos de Despina, mas poderá ser ela mesma. Tentei me comunicar com a deusa, mas ela está incomunicável, não entendo por quê. Eu não poderei agir sem ter qualquer confissão por parte dela. Por isso, vocês estão sendo enviados para investigação, em primeiro lugar. Vou encaminhá-los para onde acredito ser o palácio atual da deusa, vocês deverão procurar sinais de um uso muito grande de poder. Ela não estará agindo sozinha, se for ela, precisaria mais do que uma deusa para causar tamanho estrago aqui. – Fez uma pausa, para que todos processassem o que tinha dito com calma.

- Os últimos relatos que recebi, em torno de sete anos atrás, as forças do domínio da deusa apontavam para o estado norte-americano de Minnesota, na região norte. O local exato em que ela está, não sei, vocês mesmos deverão descobrir, são inteligentes e poderão seguir os passos da deusa do inverno. Hoje mesmo, daqui a uma hora, vocês partirão no táxi especial dos semideuses para o aeroporto de Nova York, de lá deverão entrar em um avião e ir para Saint Paul ou Minneapolis. Colete o máximo de informações possíveis e façam de tudo para conseguir uma confissão. – Com um aceno de mão, o centauro fez com que o sátiro retirasse os semideuses dali, para que pudessem arrumar para a longa missão que tinham pela frente. – Boa sorte, semideuses. – Murmurou, mas a porta do escritório já estava fechada.

2. instruções


- Vocês deverão citar o que estavam fazendo antes de serem buscados pelo sátiro, que irá atrás de um em um, para leva-los juntos para casa grande.

- Descreva suas emoções, pensamentos e especulações enquanto escuta as informações brutalmente lançadas sobre vocês.

- A narração deverá alcançar até o momento que chegam ao aeroporto de Nova York, após isso, eu narro os acontecimentos.

- Dica: Se a missão é sobre Despina, use o google para pesquisar sobre a deusa!

3. regras


- Prazo: 22/04/2015 ~ 2 da madrugada

- Há risco de morte!

- Template e fonte com possibilidade de leitura boa, sem cores extravagantes ou fontes muito pequenas.

- Poderes passivos até o nível atual em spoiler, os que forem usados, deixá-los em negrito. Poderes ativos usados em spoiler. Armamentos e itens em spoiler. Quaisquer observações quanto ao post, em spoiler. Habilidades de treinos em spoiler.

- Sou eu que narro, então por favor, não narrem ataques e desvios de monstros, não concretizem suas ações, não narrem por mim. Sempre siga o que eu narrei e use apenas o ambiente que eu definir.

- Não tem ordem de post, tentem fazer com que os posts sigam uma sequencia lógica de acontecimentos.

- A missão trata-se de uma missão estratégica e inteligente, vocês deverão buscar as pistas nos meus posts, afinal, antes de tudo, devem encontrar o palácio e para isso, devem seguir dicas. Prestem bem atenção na minha narração!

- Sempre ler as instruções, normalmente darei dicas particulares de posts para impedir que eu diminua em recompensa de evento por besteira.

- Não poderá pedir missão ou fazer treinos à partir de agora.

- O prazo para conclusão desse evento é 12/05/2015, se não concluir, será declarada falha, todos perderão fama e a consequência será global e drástica.


e
v
e
n
t
o



Deuses
Deuses
avatar
Gaia

Ficha do personagem
PV:
100/100  (100/100)
PM:
100/100  (100/100)
PR:
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário http://thaliastree.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Brandon F. Schultz em Dom Maio 03, 2015 8:57 pm



user posted image
05 Sherlock Holmes
Ain't never been much of the church type
But I believe in the last days
I walk through Hell almost every night
But I believe it's a pathway -----------  


Hunter conseguiu lidar facilmente com o fogo, que por menor que fosse me trazia preocupações referentes a ele poder se alastrar. Com isso resolvido foquei em localizar os restantes, os quais achei correndo em direção ao automóvel, como se ele fosse o último pedaço de algo muito gostoso. Só me restou acompanha-los - correndo também - ninguém pareceu se oferecer para dirigir, portanto me coloquei no banco do motorista, ao lado da filha de Atena, aquilo já parecia estar se tornando um hábito. Era engraçado, mas uma rápida olhada pelo carro e eu tinha noção de tudo o que deveria fazer, mesmo que não tivesse a lembrança de um dia ter pilotado, mais um dos truques que minha mente tramava contra mim. Girei a chave fazendo o motor ligar e rapidamente engatei a primeira dando partida, não me importava com o barulho causado, aquela altura nenhum dos mortais poderiam nos alcançar.

Como minha localização terrestre se provara inútil, uma vez que nada importante se encontrava a menos de dois quilômetros de nós, tive de me deixar guiar completamente pelo mapa e pelas instruções que Alicia me dava a partir dele. Durante o trajeto de barro tive de ir em uma velocidade mais comedida, sentia os efeitos dos buracos sobre nossos corpos, descendo e subindo, ou por vezes quase tombando para o lado. Felizmente o carro se portava bem em tal situação, não atolando e tão pouco virando, seja lá quem fosse o dono tinha escolhido-o perfeitamente para percorrer tais tipos de terreno. Depois de certo tempo a paisagem mudou, a estrada de barro se tornou de asfalto e eu finalmente pude acelerar ainda mais. Estávamos a uma distancia razoável de nosso destino, segundo o que me informavam afim de eu não errar o caminho. Sabia que quanto mais rápido estivéssemos lá melhor seria, por outro lado trafegar de modo descuidado e muito veloz iria ser um risco desnecessário.

Busquei pela pista da esquerda, indo o mais rápido que as sinalizações nos permitiam, perpassando os demais veículos e buzinando para alguns mais lentos que acabavam em nossa frente. Minha concentração era total, prestando atenção somente na filha de Atena e na minha direção, excluindo os demais. Tudo parecia dar certo até então, felizmente minha direção era melhor do que a do táxi, apesar de mais lenta. Fazendo todos terem uma viagem confortável o suficiente para se recuperar do baque causado pela queda. Perpassamos por uma cidade, mas ninguém deu o menor sinal de querer parar, ao menos não que eu tivesse reparado, porque mesmo que quisessem eu não viria a fazer isso. Não tinhamos tempo a perder, parar somente se precisássemos de gasolina, ou algo do tipo. Aliás, só agora que me vinha ser meio estranho uma caminhonete abandonada exatamente aonde precisávamos, com a chave, tanque cheio e destrancada.

Quando essa missão acabasse das duas umas, ou eu deveria um pedido de desculpas por roubar um carro, ou teria de agradecer algum dos deuses pela dádiva. Vinte quilômetros, era tudo o que nos separava de nosso destino e ele logo se revelou que iria ser o final. Exatamente nesse ponto da viagem o asfalto começou a se tornar azul, mais especificamente a cor de gelo, não tive tempo de parar antes, ou qualquer coisa do género. Logo as rodas entraram em contato com a superfície deslizante, não pisei no freio, sabia que só seria pior enquanto o carro começava a derrapar e a girar. Tentei segurar o volante o mais firme possível, amenizando os danos do acidente inevitável. O restante foi um borrão, o automóvel se chocou contra algo, fazendo minha cabeça se bater contra o vidro. Em um último suspiro de lucidez tentei invocar Cheetos - meu cão infernal - se desse certo ele poderia se juntar a meus companheiros na luta enquanto eu estivesse caído. Suas ordem seriam somente uma, atacar, ser útil aos demais de algum modo. Em seguida senti o sangue quente escorrer pela lateral de meu rosto, para então não enxergar mais nada.

Poderes passivos e Arsenal.:

Arsenal:
• Espada Infernal [Ferro Estíge // Uma espada forjada em ferro estíge que, ao ser guardada na bainha, se for a vontade de seu dono, encolhe seu tamanho o suficiente para que possa ser guardada no bolso. Sempre que tira a vida de algum ser, absorve e aprisiona sua alma dentro da lâmina, guardando-a para usos posteriores do filho de Hades. Almas guardadas: 00 // Presente de reclamação de Hades].

• Elmo das Sombras [Ferro Estíge // A réplica do elmo das sombras de Hades, que dá ao semideus que o veste o poder da invisibilidade por um turno, habilidade que pode ser ativada duas vezes por missão. Quando não está em uso, transforma-se em uma touca preta de lã // Presente de reclamação de Hades].

• Wittol [Elmo // Bronze // Elmo feito para cobrir quase toda a cabeça do usuário, deixando apenas o rosto de fora. Da parte da testa saem longos chifres. Quando ativado, torna o usuário imune a qualquer poder ou ação que vise enganá-lo, seja persuasão, charme, ou mesmo uma simples mentira. Dura três turnos e pode ser usado uma vez por missão // Evento de Páscoa].

Poderes Passivos:
[Nível 01] Prole Infernal – O filho de Hades é capaz de enxergar e se comunicar com fantasmas e espíritos que vagam sobre a terra. Não é capaz, porém, de exercer domínio algum sobre eles.


[Nível 03] Respiração Submersa – O filho de Hades tem facilidade em respirar e sobreviver dentro de ambientes completamente fechados, próximos da ausência de oxigênio, assim como o Submundo.


[Nível 05] Alma Sombria – O filho de Hades possui uma aura sombria que ronda seu corpo, por ser filho de quem é. Todo ser vivo que se aproxime sente um pequeno incômodo com sua presença, como estar diante da morte.


[Nível 06] Geocinese – O filho de Hades é capaz de exercer seu domínio sobre a terra e seus minerais, controlando-os à sua inteira vontade.


[Nível 07] Caminho dos Mortos – O semideus prole do rei do Submundo passa a possuir passe livre para visitar as dependências do inferno sempre que bem desejar, apesar disso, ainda é incapaz de tocar o Tártaro.


[Nível 09] Comunicação Obscura – O semideus em questão tem o dom natural de se comunicar com criaturas sombrias, como Cães Infernais e o Cérbero, além de outras criaturas do submundo, não importando o quão forte são, mas é incapaz de exercer controle sobre tais seres.


[Nível 10] Base Sólida – Por ter uma fortíssima ligação com a terra, o filho de Hades tem o chão como sua base principal. Sempre que de pé sobre solo firme (não valendo para andares de prédios por exemplo), se torna praticamente inabalável, não caindo diante de tremores ou mesmo fortes ventanias.


[Nível 12] Cura Sombria – Sempre que o filho de Hades repousar seu corpo sobre as sombras irá curar 30 de PV por turno. É preciso que esteja nas sombras, mesmo que a noite, a luz da lua anularia o poder.


[Nível 15] Umbracinese – O filho de Hades possui agora total domínio sobre as sombras, se tornando capaz de moldá-las e modifica-las de acordo com sua vontade e comando, podendo até mesmo as solidificar.


[Nível 17] Íris Obscura – Mesmo diante da total ausência de luz, quando a escuridão domina tudo ao seu redor, os filhos de Hades são capazes de enxergar com perfeição, como se estivessem em plena luz do dia.


[Nível 19] Sombra – Ao entrarem em contato com as sombras são capazes de camuflar-se totalmente, como se tornassem seu corpo a própria sombra, ficando completamente invisível.


[Nível 20] Domador das Almas – O filho de Hades passa a exercer influência sobre almas, fantasmas e espíritos que vagam sobre a terra, podendo controla-los e até mesmo extrair informações a força, ou as usar para espionar. Não é muito útil como auxílio de combate, pois seres espirituais não recebem ou causam dano a seres vivos.


[Nível 23] Cheiro de Morte – o semideus portador desta habilidade sente o "cheiro" da morte, podendo sentir dois segundos antes um movimento fatal de alguma pessoa. A habilidade é adquirida após presenciar a morte ou matar diversas pessoas. Serve, principalmente, para defesa.


[Nível 25] Guerreiro das Sombras – Quando nas sombras, diante de seu controle sobre ela, o semideus passa a ter suas capacidades físicas dobradas, se tornando mais rápido e mais forte do que o normal.


[Nível 27] Aura Fria – Tornando-se cada vez mais forte, o filho de Hades exala uma aura fria capaz de matar plantas e vegetais que estão ao seu redor, passando uma sensação obscura e gélida para aqueles que se aproximam, além de calafrios fortes. Monstros e seres do submundo, assim como semideuses com ligações ao Terror irão lhe respeitar.


[Nível 30] Eco-Localização – O filho de Hades, quando em contato com o solo tem a habilidade de identificar qualquer forma de vida em um raio de 2km, podendo diferenciar seu peso, altura, formato e a distância exata entre ele e o alvo.

Poderes Ativos e Habilidades:
Habilidades:
• [TREINOS ESPADA] Espadachim
• [TREINOS SIMULAÇÃO] Reflexos Aprimorados
• [TREINOS ARTES MARCIAIS] Concentração
• [TREINO DUAS ARMAS] Ambidestria

Poderes Ativos:
[Nível 04] Chamado – O filho de Hades poderá invocar seu cão infernal – do presente de reclamação – independente do local que o mesmo esteja, ele usará transporte das sombras, porém o gasto será apenas do filho de Hades e não do mascote.
Gasto: 10 PM.

Mascote:
• Cão Infernal [Filhote // Nível 01 //  100 PV // 100 PR // 0 L // Cão preto e com olhos vermelhos, como se fogo ardessem em seus olhos. Quando filhote, possui um metro e meio de altura. // Morder e garras // O cão infernal tem a habilidade de transportar-se na mínima sombra, pode ser até de uma árvore, para onde bem desejar]


notes: --- where: ---when: ---
thanks to ree! from aglomerado.


Última edição por Brandon F. Schultz em Seg Maio 04, 2015 6:02 pm, editado 1 vez(es)




 
 
 
Soldatino

But we've survived more terrible monsters than sleep
Progênie de Hades
Progênie de Hades
avatar
Brandon F. Schultz
Título : Indefinido
Idade : 20

Ficha do personagem
PV:
840/840  (840/840)
PM:
840/840  (840/840)
PR:
840/840  (840/840)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Ania van Bartz em Seg Maio 04, 2015 2:03 am


GUILTY OR NOT?


A cada segundo a sua sanidade ia retornando. A ideia do garoto moreno dera certo, as pessoas se acalmaram e de fato ficaram esperando por ajuda. Com passos rápidos, porém não largos, Ania conseguiu chegar, tal como seus demais companheiros, à caminhonete. Como não sabia onde estava ou para onde ir e, muito menos, dirigir, deixou o banco do motorista e do carona para quem soubesse o que estava fazendo, o que não era bem o caso dela. Dessa forma, restou subir na caçamba.“Vamos! Vamos!” O veículo deu a partida. Não sabia para onde o motorista estava levando a todos, esperava, mesmo que soubesse o caminho de Minneapolis.

Quando a caminhonete começou a se afastar, a jovem olhou para trás, na direção daqueles mortais que haviam deixado por conta própria. “Seus tolos. Merecem mesmo serem abandonados, para aprenderem a não confiar em ninguém, a não serem ingênuos.” Um sorriso meio enlouquecer estava desenhado em seus lábios. Só de pensar que aqueles mortais poderia ficar desaparecidos por muito tempo um sentimento misto de realização e culpa brotava dentro de si, porém o positivo sempre prevalecia, não iria se deixar abater por conta de um bando de humanos, não mesmo. Não sabia se a garota de Atena conseguia escutar seus pensamentos, ou se estava fazendo isso, torcia para que não, porém se estivesse, ótimo, serviria para saber que não tem como se confiar em alguém completamente. Como ela mesma dizia:Nem eu confio em mim mesma. E não, não era um exagero. A semideusa era uma dessas pessoas extremamente desconfiadas, que acha que tem algo errado em tudo, que qualquer solução tem alguma coisa que vai dar errado.

Por algum motivo achava que estava se saindo ilesa de tudo. Pois é, fora ingênua demais, tão quanto, se não mais, do que aqueles mortais que deixaram para trás. O tempo passava, chegaram a uma estrada. Um bom sinal, certo? Acreditava que sim. Prestava atenção no caminho, gostava de observar a paisagem enquanto viajava. Ok, agora tinha certeza de que preferia mil vezes viajar de avião. Estava demorando, horas se passaram e o único sinal de civilização que tivera fora uma cidade por onde passaram, porém nada de fazer paradas, queriam todos chegar o mais rápido possível à Minneapolis. A pressa é inimiga da perfeição, sabia disso, porém não tinham tempo, naquele momento ela teria que ser aliada, irmã, mulher, ou qualquer coisa, menos inimiga. Porém era inútil, mesmo com toda a sorte do mundo coisas ruins iriam acontecer, afinal, eram cinco semideuses em um veículo mortal sem proteção mágica alguma. Ou seja, eram alvo fácil de se encontrar.

Passado um tempo, um sinal de que estavam no caminho certo: neve. “Acho que estamos perto, ou pelo menos chegando ao local certo.” Não, isso não era algo apenas positivo. O chão fora coberto por gelo, devido a isso o automóvel começou a deslizar. O garoto que estava no volante tentou fazer tudo que lhe era possível, porém não conseguiu controlar o carro. Ania sentia frio, pensara em abrir a mochila e pegar um casaco, porém não tivera tempo para fazer isso, o que aconteceu fora rápido demais. O veículo estava fora levado ao encontro de uma árvore, para a infelicidade de todos. O seu corpo fora arremessado para fora da caçamba. O corpo colidiu-se com o chão. Não tivera tempo de realizar um rolamento, ou de qualquer coisa do tipo, apenas sentiu o impacto, o corpo rolando e a pele sendo cortada, o sangue, mesmo que pouco, escorrendo.

Por sorte não fora nada grave, poderia ter sido pior, com certeza. “Primeiro aquele táxi que quase me fez vomitar. Depois, o avião que caiu. E agora isso? Nossa, estamos em uma maré de azar forte aqui.” Levantou-se, aos poucos, enquanto abria os olhos. A imagem que surgia afronte era bela, mas também assustadora: Todos estavam feridos, havia muita claridade e uma ave especial encontrava-se na visão da jovem, era uma fênix, porém era não era vermelha, não, tinha a coloração azul, suas penas pareciam vidro, tamanho o brilho e o reflexo. – O q-que? – Ainda estava atordoada. Olhou ao seu redor, procurava o seu animal de estimação, viu que a cobra estava próxima ao veículo. Não sabia exatamente o que fazer, pelo menos não até aquilo acontecer, de novo.

A voz da garota que se apresentara como Alicia ecoou em sua mente. Não conseguira absorver tudo que ela disse, apenas que era para voltar para a caminhonete. “Ok, chefia.” Ergueu-se o mais rápido possível, usava de sua velocidade e agilidade para chegar mais rápido à caminhonete. – Suba. – Ordenou para a naja, que deveria obedecer sua dona.

Caso fosse atacada pela criatura, tentaria realizar um rolamento para desviar do golpe. Sentia dor, muita dor, via o seu corpo ferido e aquilo lhe deixava irritada e, bem não era legal quando se irritava. Ania apresentava temperamento forte, era estourada e com alguns problemas psicológicos, facilmente perdia a cabeça e agia como quando matará o cara da aeronave, fazia o possível para se controlar, porém nem sempre conseguia, na verdade, na maioria das vezes não conseguia controlar aquele sentimento que crescia dentro de si e tomava conta de sua mente. Caso conseguisse chegar ao veículo, subiria, novamente, na caçamba, esperando que alguém desse a partida. Caso não conseguisse, tentaria sobreviver, fosse desviando de golpes a longa distância ou contra-atacando com seu sabre em combates corpo a corpo.

Equipamentos Levados:

• Sabre do Vento [Bronze Celestial // Um sabre forjado em bronze celestial que é capaz de se transformar em um anel quando não está em uso. Possui a habilidade de, duas vezes por missão, cortar o ar tão rápido em seus golpes que se torna completamente invisível durante o restante do turno // Presente de reclamação de Hermes].

• Botas Aladas [Bronze Celestial // Réplica em bronze celestial das botas usadas por Hermes. Disfarçam-se de tênis quando não estão em uso, e ao serem ativadas, protegem os pés e o princípio das canelas. Dão ao semideus a capacidade de planar, não sendo possível sair mais de um metro e meio do chão, mas podem ser usadas para ganhar mais velocidade // Presente de reclamação de Hermes]. Usar a capacidade de ganhar mais velocidade

• Summon [Anel // Ouro // Anel simples, feito de ouro e sem nenhum adorno. Quando ativado, dá ao usuário a habilidade de invocar um monstro do bestiário cujo número de estrelas seja equivalente ao seu nível. Este será leal ao seu invocador, e o acompanhará até morrer ou durante quatro turnos. Um monstro por missão // Evento de Páscoa]
Mascote:

• Serpente de duas cabeças [Filhote // Nível 01 // 100 PV // 100 PR // 0 L // Uma serpente de corpo longo, até 1,84m de comprimento, possui duas cabeças, uma dela venenosa e outra não e no formato de najas. // Enrolar/Prender, Mordida/Veneno, Sentidos Aguçados // O semideus que olhar para os olhos de qualquer uma das cabeças, ficará hipnotizado e não conseguirá olhar para outro lugar]
Poderes Passivos:

[Nível 01] Furtividade – O filho de Hermes é incrivelmente silencioso ao realizar furtos, dificilmente sendo percebidos, assim como seu pai ao roubar cinquenta vacas de seu irmão Apolo, sendo um mestre em camuflagem. Ademais, ganha perícia com adagas.

[Nível 03] Agilidade Nata – O filho de Hermes tem uma agilidade maior do que a maioria. Corre mais rápido, desvia mais facilmente de obstáculos, entre outros atributos que melhoram ao longo do tempo. Para desviar de qualquer obstáculo.

[Nível 05] Idiomas – Como Hermes era o mensageiro dos deuses, ele acabava por entrar em contato com muitos idiomas, e assim seus filhos conseguem entender, ler e falar todas as línguas do mundo.

[Nível 06] Astronomia – Sendo Hermes o patrono da astronomia, os filhos de Hermes conhecem todo o mapa estelar, podendo se orientar pelo céu à noite.

[Nível 07] Viajante – O filho de Hermes não se cansa de viajar, seja um passeio no parque ou cruzando o continente: a viagem não o vai cansar.

[Nível 09] Diplomacia & Lábia – O filho de Hermes tem facilidade em ações diplomáticas, sabendo apaziguar os ânimos e chegar a um acordo. Além disso, consegue usar de sua lábia para tentar manipular os outros.

[Nível 10] Ofidioglossia – O filho de Hermes consegue falar com cobras, possuindo uma resistência a venenos oriundos delas.

[Nível 12] Le Parkour – O filho de Hermes tem facilidade em aprender técnicas de parkour, como escaladas, rolamentos, saltos, entre outros.

[Nível 15] Resistência a Venenos – Agora, além do veneno das cobras, todos os venenos tem seu efeito reduzido no filho de Hermes.

[Nível 17] Guia dos Mortos – Como Hermes era o guia dos mortos, os filhos de Hermes conseguem ver e se comunicar com almas, mas não dá controle sobre elas.

[Nível 19] Primeiros Socorros – O filho de Hermes consegue realizar pequenos curativos, podendo estancar cruzamentos e até realizar alguns tratamentos mais simples.

[Nível 20] Telepatia – O filho de Hermes conseguirá comunicar-se telepaticamente com outras pessoas, podendo depositar a mensagem na cabeça dos outros e escutar pensamentos.
Habilidade de Treino:

[TREINOS ESPADA] Espadachim – O semideus se torna apto a batalhar com a espada e todas suas variantes, seja de maior ou menor tamanho. Envolve adagas, cimitarras, sabres, floretes, claymores, katanas e diversas outras variantes desta mesma arma.







Progênie de Hermes
Progênie de Hermes
avatar
Ania van Bartz
Título : Indefinido
Idade : 16

Ficha do personagem
PV:
700/700  (700/700)
PM:
700/700  (700/700)
PR:
700/700  (700/700)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Alicia Blanchett em Seg Maio 04, 2015 7:52 pm




Detective Blanchett, on your service


Alcançaram a caminhonete sem maiores dificuldades. Alicia saltou no banco da frente ao lado de Brandon, que parecia ser seu constante companheiro de viagens enquanto os outros três montaram na caçamba e disparavam. Graças aos seus poderes e ao bendito mapa, a ruiva conseguiu encontrar o caminho para a cidade e logo partiram.

Dando uma última olhada para os mortais que ficaram, inspirou fundo. Ela avisaria as autoridades quando chegasse em Minneapolis. Mas por enquanto, estava tentando salvar o mundo. Não tinham tempo a perder se desejavam encontrar uma deusa em uma cidade desconhecida.

O caminho pela primeira estrada foi mais devagar. Blanchett era uma das poucas a falar, passando as instruções para o filho de Hades. O cinto de segurança estava bem preso e ela ainda tentava se concentrar depois do acidente de avião. Captava os pensamentos dos outros semideuses e por isso tinha a testa franzida. ”God, esses jovens são mais complicados que eu.” Pensava, e embora atenta pôde relaxar. Mas, sua calmaria não durou muito. Já estavam dirigindo há horas ininterruptas, faltando aproximadamente 20km para chegarem a cidade quando as coisas saíram do controle. Começou a nevar.

Primeiro Alicia pensou que aquela seria uma boa coisa. Afinal, estavam procurando a deusa do inverno. Quando a pista congelou e o carro perdeu o controle, soube que estava ferrada. Por impulso, ativou Swan Queen. O automóvel, mesmo com as tentativas do nosso motorista meio-sangue, derrapou no gelo e atingiu uma árvore. O braço direito dela, que havia sido erguido para se proteger chocou-se contra o vidro e quando este quebrou, sentiu uma grande dor se espalhar pelo membro. E como nunca tinha feito até então, gritou histérica de dor.

No momento inicial, tudo não passava de um borrão. Não conseguia entender o que acontecia. Só sentia a dor em seu braço que fazia seus olhos lacrimejarem. Quando a luz da fênix de gelo surgiu, ela voltou a realidade: estavam sob ataque. Mexendo-se no banco, viu que Brandon estava imóvel. – Shit, shit, shit... – Murmurou enquanto chegava se ele tinha pulso com o braço esquerdo. Para seu alívio, sim. Procurou pela mente de seus outros parceiros e constatou que todos estavam bem. Foram arremessados do carro, mas bem. E como a posição de líder parecia recair sobre seus ombros naquele instante, ditou seu plano para todos eles. – Todos voltem pra caminhonete! Brandon está desmaiado, eu não posso lutar e não vejo vantagens de lutar contra um monstro desses à essa altura do campeonato. Hunter, você dirige. Tente derreter esse gelo na pista com seus poderes, se puder! Só nos tire daqui! Ania e Édouard, eu preciso de toda ajuda que vocês puderem me dar agora. Vou invocar uma ‘Medusa’.”

Enquanto falava, duas azeitonas surgiram em sua mão e Blanchett tratou de engoli-las. Não seria o bastante para curar-se por completo, mas aliviaria a dor. Precisava de tempo para usar o kit de primeiros socorros em sua mochila e tempo era a única coisa que não tinham agora. Utilizando apenas o braço esquerdo, soltou o cinto de segurança do Brandon e o envolveu por baixo dos braços, o puxando contra si. Queria adiantar o trabalho, para que Hunter pudesse joga-lo em cima de si com mais facilidade. Uma de suas maiores virtudes era ser multitarefas. Pois enquanto puxava o rapaz, sua mente trabalhava em uma prece a sua mãe. Precisava de um holograma da Górgona. E iria conseguir um. Seu plano era invocar o mesmo e ativá-lo contra a fênix, para dar tempo de fugirem e impedir ataques futuros. Não devia ser tão difícil fazer aquilo, afinal aquele era um alvo bastante visível.

Se seu plano desse certo, avançariam com o carro na direção de Minneapolis. Lá, parariam e descobririam o que fazer.


Extras:
Equipamentos:
• Anel da Guerra [Bronze Celestial // Um anel de bronze celestial que possui a capacidade de se transformar em qualquer arma que o semideus assim desejar, esta também em bronze celestial. Ao se afastar muito do dono, volta magicamente para seu bolso em forma de anel // Presente de reclamação de Atena]. ~Anelar direito~

• Escudo Bumerangue [Bronze Celestial // Um escudo redondo feito em bronze celestial que se transforma em uma pulseira quando não está em uso. Pode ser lançado contra o inimigo, sendo encantado para sempre voltar magicamente para o braço de seu dono no fim do turno, assim como, caso seja roubado ou perdido, a pulseira tratará de aparecer de volta em seu bolso após dois turnos // Presente de reclamação de Atena]. ~Pulso esquerdo~

• Colar Mental [Bronze Celestial // Um colar forjado em bronze celestial com um pingente de borboleta. Enquanto está sendo usado diminui o gasto de PM do Mentalista pela metade, além de lhe oferecer proteção mental, tanto para invasões como para influências. É preciso estar com o colar para usar poderes passivos do respectivo grupo // Presente de iniciação dos Mentalistas de Psique]. ~No pescoço~

• Fair Fight [Colar // Ouro // Colar feito puramente de ouro, com o pingente de uma coruja também nesse material. Quando ativado, tem o efeito de cancelar todas as auras de inimigos em uma área de vinte metros durante três turnos. Uma vez por missão // Evento de Páscoa]. ~Enrolado no pulso direito~

• Amuleto Mágico [Colar // Prata e Esmeralda // Um amuleto encantado por filhos de Hécate e feiticeiros de Circe e vendidos para loja de itens do acampamento, curam 200 PM e 150 PR uma vez por evento/missão/treino // Loja do Acampamento] ~No pescoço~

• Bracelete Vital [Bracelete // Prata // Um bracelete encantado por filhos de Hécate e feiticeiros de Circe e vendidos para loja de itens do acampamento, curam 200 de PV e 150 de PR uma vez por evento/missão/treino // Loja do Acampamento] ~No braço direito~

• Swan Queen [Couraça // Fibra de Carbono e Prata // Jaqueta de couro preta com o desenho de um cisne coroado dourado nas costas. Transforma-se em uma couraça de fibra de carbono feita sob medida para Alicia Blanchett. Em delicadas linhas de prata, está entalhado um elmo à frente de duas lanças cruzadas em alusão ao Caça Bandeira. // Forjado por Edward Quinn] ~Vestida e ativada~
Poderes:
Passivos:
Habilidade de treinos: [TREINOS SIMULAÇÃO] Reflexos Aprimorados

Atena


[Nível 01] Perícia com Armamentos – Os filhos de Atena sabe usar muito bem qualquer tipo de armamento de combate que lhe seja apresentado, como escudos, armas e armaduras, mesmo sem nunca ter tocado em um.

[Nível 03] Sabedoria Superior – Os filhos de Atena leem muito, por sua insaciável curiosidade e paixão por livros e conhecimento. Assim, possuem exímias noções sobre qualquer tipo de matéria, como linguística, física, química, arquitetura, além de outros ramos.

[Nível 05] Perícia com Escudos – Os filhos de Atena são capazes de manejar muito bem o escudo, além de usá-lo bem como arma solo, poderá manejá-lo melhor acompanhado com outro tipo de arma.

[Nível 06] Combate Sábio – Os filhos de Atena, além de manejar bem qualquer tipo de armamento, será o diferencial em batalhas, podendo ter respostas imediatas à qualquer tipo de arma, como se fosse treinado há muito tempo com elas.

[Nível 07] Rastreamento – Os filhos de Atena são capazes de rastrear azeitonas – um dos símbolos de Atena são oliveiras –, um poder útil de localização, quando utilizado em conjunto com um ativo em especial.

[Nível 09] Lábia Diplomática – O filho de Atena convencerá muito mais facilmente os outros de sua opinião, através da lábia diplomática que tem, podendo também ser ótimo negociador.

[Nível 10] Capacidades de Combate – A força, a resistência, a agilidade e a velocidade aumentam quando o filho de Atena luta contra mais de um inimigo, a intenção é claramente deixar a batalha mais justa, afinal, a deusa preza a guerra justa.

[Nível 12] Localização – Por sua mãe ser patrona da civilização, o filho de Atena sempre saberá exatamente onde está, em que cidade, em que bairro e conseguirá localizar os pontos cardeais facilmente, sem qualquer necessidade de pesquisa ou sinalizações.

[Nível 15] Comunicação – O filho de Atena consegue comunicar-se com corujas com facilidade, mas ainda não pode manipulá-las.

[Nível 17] Respeito – A presença do filho de Atena impõe respeito por si só, impedindo assim de que qualquer inimigo faça a primeira ofensiva, isso caberá sempre ao filho de Atena.

[Nível 19] Boa Causa – O filho de Atena, ao lutar protegendo algo ou alguém, terá o próprio dano dobrado e corta o dano recebido pela metade.

[Nível 20] Racional – Devido ao fato de que o filho de Atena é completamente racional e lógico, manipulações e ilusões dificilmente funcionarão nele. Essa proteção não funcionará quando o inimigo é no mínimo 10 níveis acima do filho de Atena.

[Nível 23] Análise Defensiva – O filho de Atena tem conhecimentos invejáveis na questão de escudos e defesas, algo que foi tanto herdado por Atena, como aprofundado com suas curiosidades. Portanto, em um único golpe, o filho de Atena é capaz de quebrar barreiras mágicas e defesas do inimigo.

Psiquê


[Nível 05] Telepatia Iniciante – O mentalista poderá escutar pensamentos de qualquer um em um raio de 500m, mas poderá decidir quem escutar ou bloquear, impedindo assim que leve a loucura ficar tão imerso ao pensamento dos demais.

[Nível 10] Memória Fotográfica – O mentalista tem uma memória fotográfica impressionante, tudo que ler, ver ou escutar ficará preso a sua mente por muito tempo, dificilmente esquecerá algo.

[Nível 15] Detector de Mentiras – O mentalista sabe exatamente quando uma pessoa está mentindo ou não, é como se sua mente se agitasse na presença da mentira.

[Nível 20] Empatia – O mentalista sabe exatamente o que o outro está sentindo em termos de emoções, através de um único olhar sobre a postura do outro.
Ativos:
Atena

[Nível 11] Azeitonas – O filho de Atena cria azeitonas com a maior facilidade, que surgem em suas mãos. Estas, possuem dois objetivos claros, o primeiro é o de ao comer uma, o semideus cura 40 de PV e a segunda é de rastreamento, utilizado com o passivo Rastramento.
Gasto: 10 PM por azeitona. 2 AZEITONAS INVOCADAS

[Nível 24] Petrificação – Assim como foi dado a Atena a cabeça de uma Górgona como presente, o filho de Atena poderá invocar um holograma de uma górgona, que se postará ao lado do mesmo. No comando do semideus, seja em qual momento for, a górgona petrificará no máximo dois alvos por um turno.
Gasto: 60 PM.

Psiquê

Nenhum usado
Explicações:
Alicia tentou mandar todos voltarem para a caminhonete para que seguissem caminho. No post da Gaia não houve menção alguma a danos que impossibilitem o veículo, o que nos faz acreditar que está apenas amassado. Enquanto falava, tentou invocar duas Azeitonas para recuperar seu PV e aliviar a dor. Com o braço esquerdo, soltou o cinto do Brandon e o puxou contra si, enquanto tentava ativar o poder Petrificação para que inutilizasse a fênix. Lembrar do efeito do passivo Boa Causa.

Lembrar do gasto reduzido de PM em 50% pelo item Colar Mental.
~Roubado de alguém~



And nothing will separate us!...

All rights to Ghost
Mentalistas de Psiquê
Mentalistas de Psiquê
avatar
Alicia Blanchett
Título : Novato
Fama : Guardião

Idade : 24

Ficha do personagem
PV:
740/740  (740/740)
PM:
740/740  (740/740)
PR:
740/740  (740/740)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Édouard Saint-Exupéry em Qua Maio 06, 2015 11:31 pm

THE GREEN LATERN DONT GIVE A F*CK

PARDON ME, BUT YOU'RE OBVIOUSLY
MISTAKING ME FOR SOMEONE WHO
GIVES A DAMN. CUZ I DONT EVEN CARE
Suspirei, aliviado quando percebi que todos no avião tinham se acalmado, mas ainda não podia me deixar descansar, ainda precisava chegar na caminhonete. Corri com Ania até o carro, que os outros já haviam alcançado. Eu não iria dirigir, estava decidido, uma vez que Brandon e Alicia ocupavam os bancos do motorista e do passageiro, respectivamente e, mesmo que não fosse assim, não achava que seria uma boa ideia eu dirigir, preferia voar.

Permaneci com Ania e Hunter na caçamba, sentindo o vento bater contra mim enquanto o carro disparava para a estrada. Ainda estava um pouco apreensivo por causa da queda do avião, mas me sentia muito melhor sabendo que todos estavam bem. Precisava me lembrar de pedir ajuda a alguma autoridade próxima assim que fosse possível, não podíamos simplesmente deixar os mortais ali.

Alcançamos a estrada e Brandon acelerou mais ainda, como se já não estivesse em alta velocidade. Eu não me importava de ir rápido, a sensação do vento batendo contra mim era parecida com quando eu voava livremente. Mas ainda não sentia segurança em ir tão rápido em uma caminhonete, já que estava na caçamba. Mesmo assim, deixei que Brandon fizesse seu caminho, afinal, eu pouco poderia ajudar naquela hora.

Passamos por uma cidade e fiquei tentado a pedir para pararmos e avisarmos sobre o avião, mas poderíamos fazer isso quando chegássemos em nosso destino. Agora não estávamos muito longe, pelo menos, era o que eu esperava. Minhas suspeitas foram confirmadas quando percebi que estava nevando.

Frio... – Sussurrei para mim mesmo antes de sentir algo estranho. O carro ganhou mais velocidade e passou a seguir de maneira sinuosa, até que Brandon perdeu o controle e batemos em uma árvore. Fui jogado para fora da caçamba e fiquei atordoado. – Gente... – Gemi, sem saber se me ouviriam. Ouvi um pensamento estranho invadir minha cabeça, e percebi que era Alicia, que nos contava seu plano. “Parrece um bon plano” penso imaginando que ela ouviria.

Com certa dificuldade, levanto-me e percebo que desde a batida no carro até esse momento, devem ter se passado, no máximo, dois minutos, mas o frio fazia parecer mais tempo. Antes de tudo, verifiquei se minhas armas estavam comigo, e estavam, o que era uma preocupação a menos, agora eu só precisava me preocupar com a maravilhosa criatura na minha frente, que me alegrou por uns dois segundos, antes de quase congelar de medo. Uma grande ave imponente feita de puro gelo com asas de cristal estava na nossa frente e de repente toda a frase de Alicia fez sentido. Ela comentara sobre um monstro e que invocaria uma... Medusa? O monstro mitológico?

Não importava, eu não queria ficar lá para saber. Convoquei alguns ventos para me levar mais rapidamente até a caçamba, talvez assim a fênix de gelo não me notasse. Enquanto isso, usaria minha Atmocinese para tentar deixar o clima mais quentinho e agradável. Talvez isso derretesse um pouco do gelo da estrada.

Estava sendo cauteloso, prestando bastante atenção à fênix. Se ela atacasse eu poderia invocar Noto para tentar derreter ou fazer alguma coisa contra o monstro. Ele era feito de gelo, poderia derreter com um vento muito quente e, além disso, se fosse preciso, minha cimitarra estava em mãos para que eu atacasse, e meu escudo pronto para ser ativado a qualquer momento, e tudo isso poderia ser feito rapidamente por conta de meu anel mágico.

Poderes Passivos:

[Nível 01]Boas-vindas – Éolo é reconhecido por receber de bom grado os visitantes na ilha em que vive. Por isso, seus filhos geralmente são mais bem recebidos em lugares desconhecidos e têm mais facilidade de obter ajuda. Ações hostis, no entanto, quebrariam esse efeito.

[Nível 03] Transtorno emocional – Filhos de Éolo são vistos como “bipolares” por terem um humor instável. Isso os torna imprevisíveis e difíceis de se lidar. Dificilmente poderes que procurem mudar o estado emocional irão afetar o filho de Éolo, como raiva e tristeza. Poderes sobre o medo são uma exceção, já que não atingem realmente o humor de uma pessoa, mas seu inconsciente.

[Nível 05] Respirar - Poderes que tentam deixar o filho de Éolo sem ar acaba surgindo menos efeito. O mesmo acontece caso a cria esteja em locais altos ou de pouco ar.

[Nível 06] Veloz - Éolo é o senhor dos ventos. Sendo assim, você agora tem a capacidade de ser mais rápido e ágil do que o comum, equiparando-se aos semideuses velocistas. A agilidade corporal também conta, dando-lhe um pouco de mais velocidade em seus ataques.

[Nível 07] Aerocinese – Os filhos de Éolo possuem a capacidade de manipular o ar a sua volta como desejar, mas precisará sempre utilizar as mãos e gestos para que isso aconteça, nada será por “força da mente”.

[Nível 09] Voar – Os filhos de Éolo podem voar com muita facilidade, sem qualquer necessidade de asas.

[Nível 10] Humor – Os filhos de Éolo não possuem uma maestria climática ainda, portanto, as mudanças climáticas serão de acordo com seu humor. Deve-se lembrar que não pode mudar o clima no acampamento, pois o mesmo é estático por magia.
Alegre – Nenhuma nuvem, apenas sol.
Confuso – Nevoeiro, muitas nuvens no céu, cobrindo o sol.
Irritado – Nuvens pesadas indicando chuva,
Triste – Chuva.
Muito bravo – Tempestade.
Concentrado – Ventania e nublado.

[Nível 12] Sincronia Áerea - Filhos de Éolo enquanto voam se tornam perfeitamente sincronizados. Sua mente se abre como se aquele fosse seu território. Na prática, enquanto voa seus poderes serão mais potentes e causarão mais estragos, diminuindo o gasto dos mesmos pela metade.

[Nível 15] Atmocinese – Os filhos de Éolo possuem apenas a habilidade de manipular o clima à sua vontade e no acampamento, há limites, pois o mesmo possui o mesmo clima por magia e não pode ser alterado.

[Nível 17] Ouvidos blindados - As ondas sonoras se propagam através do ar. Como filho do deus dos ventos, é natural que tenha a habilidade de escutar à metros de distância com extrema facilidade.

[Nível 19] Radar - Você conseguirá detectar presenças ao redor de si em um raio de 50m, desde que os seres se movimentem. Isso aumenta a sua percepção, evitando que seja pego de surpresa. Aumenta 5m a cada 5 níveis.

poder ativo:

[Nível 04] Corrente de Noto – O filho de Éolo poderá invocar Noto, que lançará uma corrente de ar quente sobre os inimigos, podendo causar ardência por todo corpo.
Gasto: 20 PM.
Evolução: Irá causar queimaduras. Em caso de o inimigo atacar

Itens levados:

• Cimitarra da Ventania [Bronze Celestial // Cimitarra forjada em bronze celestial que tem a habilidade de se disfarçar de um anel quando não está em uso. Sua lâmina é encantada com energia eólica, aumentando a precisão e potência do corte, tornando-a a mais afiada das armas dos semideuses. É capaz de rasgar armaduras como papel // Presente de reclamação de Éolo].

• Escudo Furacão [Bronze Celestial // Um escudo feito em bronze celestial que se transforma em uma pulseira quando não está sendo usado. É encantado com correntes de vento e uma vez a cada três turnos é capaz de desviar a trajetória de golpes e magias, a curta ou longa distância, que sejam lançados contra o semideus // Presente de reclamação de Éolo].

• Bótes Vasiliá [Couro e Prata // Botas negras feitas por entidades desconhecidas. Possuí escrituras místicas e que brilham ao movimento do semideus. São leves e a sensação é como que se andasse descalço ao vesti-las. A função destas botas é deixar o seu dono nunca perder o equilíbrio, podendo andar perfeitamente em superfícies íngremes e variadas. Até mesmo conseguir caminhar angelicalmente em uma corda ou em algo que possa parecer impossível. // Missão One Post // Atualizado por Zeus].

• Wittol [Elmo // Bronze // Elmo feito para cobrir quase toda a cabeça do usuário, deixando apenas o rosto de fora. Da parte da testa saem longos chifres. Quando ativado, torna o usuário imune a qualquer poder ou ação que vise enganá-lo, seja persuasão, charme, ou mesmo uma simples mentira. Dura três turnos e pode ser usado uma vez por missão // Evento de Páscoa].

• Olympik [Anel // Bronze Celestial // Anel forjado em bronze celestial que aumenta a velocidade de reação do semideus, o que quer dizer que seus ataques, defesas e contra-ataques serão mais ágeis. Não quer dizer que vá correr mais rápido por exemplo, apenas tem um ganho em sua reação // Loja de fama // Requer nível de glória Guardião].

• Bracelete Vital [Bracelete // Prata // Um bracelete encantado por filhos de Hécate e feiticeiros de Circe e vendidos para loja de itens do acampamento, curam 200 de PV e 150 de PR uma vez por evento/missão/treino // Loja do Acampamento].



GREEN LANTERN DOESN'T CARE



Take it. Close your eyes. Go on.
Now, can you remember exactly how you felt that day?
That's how I feel when I'm flying.

SIM, LATERNA VERDE.
Lidem.


Progênie de Éolo
Progênie de Éolo
avatar
Édouard Saint-Exupéry
Título : Batata Frita
Idade : 18

Ficha do personagem
PV:
560/560  (560/560)
PM:
560/560  (560/560)
PR:
560/560  (560/560)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Gaia em Qui Maio 07, 2015 11:31 pm

1. Narração

Antes de desmaiar, Brandon conseguiu comunicar-se com seu cão, que diante do perigo apareceu rapidamente ao lado da caminhonete, aguardando ordens.

A filha de Atena, por sua vez, conseguiu puxar o garoto desmaiado para mais perto de si, deixando livre o banco do motorista. Infelizmente, Hunter parecia paralisado demais diante de tal perigo. Ao invés de correr para a caminhonete, apenas ficou ali, fitando a fênix, até que os olhos desta tornassem brancos e lançasse pelo bico um jato de puro gelo em direção à ele, petrificando-o imediatamente.

Devido à isso, o plano não passara de uma enorme falha, salvo por um único ponto. Aquele em que o holograma de Górgona postou-se ao lado da caminhonete, fitando a bela ave mitológica e com um brilho muito forte, petrificou-a, mas não por muito tempo.

Quanto mais tempo ficavam ali, pior o tempo ficava. Édouard tentou utilizar de sua atmocinese para afastar o clima, mas apenas fez com que piorasse, trazendo um vento gelado e típico de uma nevasca. O solo já começava a ficar preenchido por neve e os pneus da caminhonete encontravam-se soterrados.
Todos estavam na caminhonete, menos Hunter.

Monstros:
Fênix de Gelo – 1000/1000 PV | 900/1000 PM
Condição: Paralisada por um turno.
Obs: Habilidades: [1x] Renascer – 500 PM
Esferas de Gelo – 50 PM (ataque básico)
Jato Congelante – 100 PM (Congela o alvo por 1 turno)
Raio da Nevasca – 300 PM (Afasta todos, lançando-os para trás e causa 80 PV de dano)

Semideuses:

Brandon F. Schultz – 610/740 PV | 635/740 PM | 560/740 PR
Condições: -10 PM poder | -30 PV sangramento | -30 PR sangramento | Desmaiado.
Sangramento durará 3 turnos.
Desmaio durará 2 turnos.

Ania Van Bartz – 450/480 PV | 480/480 PM | 390/480 PR
Condições: Atordoada [1 turno]

Alicia Blanchett – 560/560 PV | 385/560 PM | 420/560 PR
Condições: +80 PV | -40 PM | Ferida fechada.

Hunter Butler – 960/980 PV | 930/980 PM | 880/980 PR
Condições:  Congelado por um turno. | -10 PR

Édouard Saint-Exupéry – 440/460 PV | 360/460 PM | 370/460 PR
Condições:  Atordoado. | Inimigo não atacou, portanto, nenhum gasto ou uso de poder.

2. instruções


- Todo post meu tem uma dica no meio para descobrir os pontos principais, que primeiro, é a localização de Despina.

- Lembrem-se que matar nem sempre é a resposta.

- Sejam estratégicos.

3. regras


- Prazo: 09/05/2015 às 22:00

- Há risco de morte!

- Template e fonte com possibilidade de leitura boa, sem cores extravagantes ou fontes muito pequenas.

- Poderes passivos até o nível atual em spoiler, os que forem usados, deixá-los em negrito. Poderes ativos usados em spoiler. Armamentos e itens em spoiler. Quaisquer observações quanto ao post, em spoiler. Habilidades de treinos em spoiler. Éduard, colocar os poderes passivos, todos que tem, em spoiler!

- Sou eu que narro, então por favor, não narrem ataques e desvios de monstros, não concretizem suas ações, não narrem por mim. Sempre siga o que eu narrei e use apenas o ambiente que eu definir.

- Não tem ordem de post, tentem fazer com que os posts sigam uma sequencia lógica de acontecimentos.

- A missão trata-se de uma missão estratégica e inteligente, vocês deverão buscar as pistas nos meus posts, afinal, antes de tudo, devem encontrar o palácio e para isso, devem seguir dicas. Prestem bem atenção na minha narração!

- Sempre ler as instruções, normalmente darei dicas particulares de posts para impedir que eu diminua em recompensa de evento por besteira.

- Não poderá pedir missão ou fazer treinos à partir de agora.

- O prazo para conclusão desse evento é 20/05/2015, se não concluir, será declarada falha, todos perderão fama e a consequência será global e drástica.  Prazo aumentado, se não quiserem aumentar, basta pedir que volto para dia 13.


e
v
e
n
t
o
Deuses
Deuses
avatar
Gaia

Ficha do personagem
PV:
100/100  (100/100)
PM:
100/100  (100/100)
PR:
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário http://thaliastree.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Alicia Blanchett em Sex Maio 08, 2015 1:31 am




Detective Blanchett, on your service


A sorte não estava ao favor deles, isso era um fato. Hunter havia ficado paralisado, literalmente, e não conseguiu alcançar o carro a tempo. Então, tudo o que conseguiram foi uma fênix petrificada e um monte de neve se acumulando. Neve, pensou Alicia, estamos perto. Essa era a única explicação plausível para aquele fenômeno. Ou Despina os atraia ou os atrapalhava de alcançar seu destino. Com rapidez, tirou uma de suas camisas da mochila e uma faixa. Brandon, o rapaz que estava em cima de si, tinha um sangramento na cabeça. Podia não ser uma expert em primeiros socorros, mas sabia que deveria estancar o ferimento. Graças as suas azeitonas, seu braço estava completamente curado. A mentalista colocou a camisa em cima do ferimento do companheiro, pressionando o corte enquanto com a outra mão enrolava de uma maneira desajeitada e apressada a faixa, para que o estancamento continuasse. Quando se livrassem daquela fênix, faria alguma coisa melhor. Por hora, tinha que virar com o que tinha.

Checando os pneus pela janela do carro os viu cobertos de neve. Praguejando, abriu a porta do carro e prendeu a mochila nas costas. Não havia como andarem com aquele automóvel na neve. ”Temos um problema. Neve na pista. Novo plano: fazer essa estátua de fênix nos levar até Despina. Acham rápido pois o efeito é passageiro.” Comunicou aos outros semideuses, enquanto envolvia o tronco de Brandon e o puxava consigo para fora do automóvel, certificando-se que seus pertences permaneciam com o rapaz.

Blanchett mal tinha deixado o veículo quando a menina filha de Hermes passou por ela apressada e avançou contra a fênix. – What the fuck...? – Murmurou confusa, antes de ler os pensamentos dela para entender seu plano. Era um pouco insano, mas teria que dar certo. Franzindo a testa, ela tentou afastar seus sentimentos de sua razão. A responsabilidade começava a pesar em suas costas, e ver seus parceiros sendo abatidos não vinha lhe ajudando em muita coisa.

Após ficar a uma distância segura do carro, a filha de Atena respirou fundo, preparando-se para o despertar da criatura. Não estava em missão a mais de 3 dias e sua dor de cabeça era constante. Deixando o escudo e telecinese prontos para uma fuga, caso a primeira reação do monstro fosse ataque, esperou que a linda criatura gelada despertasse. Precisaria dela acordada para usar sua lábia. – Srta Fênix. Nós procuramos por Despina. Há desconfianças contra a Senhora devido a estas confusões climáticas, mas eu não acredito que ela faria isso. A Senhora tem honra e nós pretendemos limpar seu nome. Por favor, nos mostre a localização da deusa. Ajude-nos a salvar nosso acampamento. Nós não queremos machucar mais ninguém. – Disse a ruiva, tentando persuadir o monstro. Lembrou-se da forma respeitosa que os antigos tratavam a deusa e decidiu ser sábio usar. Além disso, não tinha certeza se Despina era inocente. Na verdade, achava lógico a ideia da culpa dela. Afinal, havia sido rejeitada tanto por Poseidon quanto por Deméter. Mas não era sensato buscar um encontro com ela começando com acusações.

Se o plano desse certo, Ania invocaria um transporte para que eles pudessem seguir a criatura até Despina. Com sua telecinese, Alicia colocaria tanto Brandon quanto Hunter dentro do carro para que partissem. Logo em seguida, por ser a mais velha semideusa desperta e por ter carteira de motorista (na Inglaterra, pelo menos) iria dirigir o automóvel especial para terrenos nevados.


Extras:
Equipamentos:
• Anel da Guerra [Bronze Celestial // Um anel de bronze celestial que possui a capacidade de se transformar em qualquer arma que o semideus assim desejar, esta também em bronze celestial. Ao se afastar muito do dono, volta magicamente para seu bolso em forma de anel // Presente de reclamação de Atena]. ~Anelar direito~

• Escudo Bumerangue [Bronze Celestial // Um escudo redondo feito em bronze celestial que se transforma em uma pulseira quando não está em uso. Pode ser lançado contra o inimigo, sendo encantado para sempre voltar magicamente para o braço de seu dono no fim do turno, assim como, caso seja roubado ou perdido, a pulseira tratará de aparecer de volta em seu bolso após dois turnos // Presente de reclamação de Atena]. ~Pulso esquerdo~

• Colar Mental [Bronze Celestial // Um colar forjado em bronze celestial com um pingente de borboleta. Enquanto está sendo usado diminui o gasto de PM do Mentalista pela metade, além de lhe oferecer proteção mental, tanto para invasões como para influências. É preciso estar com o colar para usar poderes passivos do respectivo grupo // Presente de iniciação dos Mentalistas de Psique]. ~No pescoço~

• Fair Fight [Colar // Ouro // Colar feito puramente de ouro, com o pingente de uma coruja também nesse material. Quando ativado, tem o efeito de cancelar todas as auras de inimigos em uma área de vinte metros durante três turnos. Uma vez por missão // Evento de Páscoa]. ~Enrolado no pulso direito~

• Amuleto Mágico [Colar // Prata e Esmeralda // Um amuleto encantado por filhos de Hécate e feiticeiros de Circe e vendidos para loja de itens do acampamento, curam 200 PM e 150 PR uma vez por evento/missão/treino // Loja do Acampamento] ~No pescoço~

• Bracelete Vital [Bracelete // Prata // Um bracelete encantado por filhos de Hécate e feiticeiros de Circe e vendidos para loja de itens do acampamento, curam 200 de PV e 150 de PR uma vez por evento/missão/treino // Loja do Acampamento] ~No braço direito~

• Swan Queen [Couraça // Fibra de Carbono e Prata // Jaqueta de couro preta com o desenho de um cisne coroado dourado nas costas. Transforma-se em uma couraça de fibra de carbono feita sob medida para Alicia Blanchett. Em delicadas linhas de prata, está entalhado um elmo à frente de duas lanças cruzadas em alusão ao Caça Bandeira. // Forjado por Edward Quinn] ~Vestida e ativada~
Poderes:
Passivos:
Habilidade de treinos: [TREINOS SIMULAÇÃO] Reflexos Aprimorados

Atena


[Nível 01] Perícia com Armamentos – Os filhos de Atena sabe usar muito bem qualquer tipo de armamento de combate que lhe seja apresentado, como escudos, armas e armaduras, mesmo sem nunca ter tocado em um.

[Nível 03] Sabedoria Superior – Os filhos de Atena leem muito, por sua insaciável curiosidade e paixão por livros e conhecimento. Assim, possuem exímias noções sobre qualquer tipo de matéria, como linguística, física, química, arquitetura, além de outros ramos.

[Nível 05] Perícia com Escudos – Os filhos de Atena são capazes de manejar muito bem o escudo, além de usá-lo bem como arma solo, poderá manejá-lo melhor acompanhado com outro tipo de arma.

[Nível 06] Combate Sábio – Os filhos de Atena, além de manejar bem qualquer tipo de armamento, será o diferencial em batalhas, podendo ter respostas imediatas à qualquer tipo de arma, como se fosse treinado há muito tempo com elas.

[Nível 07] Rastreamento – Os filhos de Atena são capazes de rastrear azeitonas – um dos símbolos de Atena são oliveiras –, um poder útil de localização, quando utilizado em conjunto com um ativo em especial.

[Nível 09] Lábia Diplomática – O filho de Atena convencerá muito mais facilmente os outros de sua opinião, através da lábia diplomática que tem, podendo também ser ótimo negociador.

[Nível 10] Capacidades de Combate – A força, a resistência, a agilidade e a velocidade aumentam quando o filho de Atena luta contra mais de um inimigo, a intenção é claramente deixar a batalha mais justa, afinal, a deusa preza a guerra justa.

[Nível 12] Localização – Por sua mãe ser patrona da civilização, o filho de Atena sempre saberá exatamente onde está, em que cidade, em que bairro e conseguirá localizar os pontos cardeais facilmente, sem qualquer necessidade de pesquisa ou sinalizações.

[Nível 15] Comunicação – O filho de Atena consegue comunicar-se com corujas com facilidade, mas ainda não pode manipulá-las.

[Nível 17] Respeito – A presença do filho de Atena impõe respeito por si só, impedindo assim de que qualquer inimigo faça a primeira ofensiva, isso caberá sempre ao filho de Atena.

[Nível 19] Boa Causa – O filho de Atena, ao lutar protegendo algo ou alguém, terá o próprio dano dobrado e corta o dano recebido pela metade.

[Nível 20] Racional – Devido ao fato de que o filho de Atena é completamente racional e lógico, manipulações e ilusões dificilmente funcionarão nele. Essa proteção não funcionará quando o inimigo é no mínimo 10 níveis acima do filho de Atena.

[Nível 23] Análise Defensiva – O filho de Atena tem conhecimentos invejáveis na questão de escudos e defesas, algo que foi tanto herdado por Atena, como aprofundado com suas curiosidades. Portanto, em um único golpe, o filho de Atena é capaz de quebrar barreiras mágicas e defesas do inimigo.

Psiquê


[Nível 05] Telepatia Iniciante – O mentalista poderá escutar pensamentos de qualquer um em um raio de 500m, mas poderá decidir quem escutar ou bloquear, impedindo assim que leve a loucura ficar tão imerso ao pensamento dos demais.

[Nível 10] Memória Fotográfica – O mentalista tem uma memória fotográfica impressionante, tudo que ler, ver ou escutar ficará preso a sua mente por muito tempo, dificilmente esquecerá algo.

[Nível 15] Detector de Mentiras – O mentalista sabe exatamente quando uma pessoa está mentindo ou não, é como se sua mente se agitasse na presença da mentira.

[Nível 20] Empatia – O mentalista sabe exatamente o que o outro está sentindo em termos de emoções, através de um único olhar sobre a postura do outro.

[Novato] Bloqueio Mental – Capacidade de bloquear a mente, impedindo a leitura dos pensamentos por um outro e impossibilidade de ser afetado por poderes de cunho mental.
Ativos:
Atena


[Nível 04] Voz da Sabedoria – O filho de Atena sempre terá a opinião valorizada, mesmo dentre os inimigos, esse poder, quando ativado, fará que qualquer coisa que o semideus disser, será compreendido como verdade absoluta, portanto, prontamente atendido. Atenção: Deverá sempre ter uma justificativa plausível, não é simplesmente um charme usado por filhos de Afrodite, mas a credibilidade em uma opinião de um sábio. Usado apenas duas vezes, no máximo, por missão.
Gasto: 10 PM.

Psiquê


[Nível 20] Telecinese avançada: Consegue mover objetos bem pesados, como carros e a velocidade é ótima.
Gasto: 80 PM. [NO CASO DE SER NECESSÁRIO SE DEFENDER E/OU PARA COLOCAR HUNTER E BRANDON NO CARRO INVOCADO]
Explicações:
Alicia vai fazer um curativo improvisado na cabeça do Brandon para sair do carro. Tentará também dizer o plano de usar a fênix para localizar Despina para os outros. Se o plano der certo, usará a Telecinese para colocar Brandon e Hunter dentro do carro e dirigirá o veículo.

Lembrar do efeito do passivo Boa Causa.

Lembrar do gasto reduzido de PM em 50% pelo item Colar Mental.
~Roubado de alguém~



And nothing will separate us!...

All rights to Ghost
Mentalistas de Psiquê
Mentalistas de Psiquê
avatar
Alicia Blanchett
Título : Novato
Fama : Guardião

Idade : 24

Ficha do personagem
PV:
740/740  (740/740)
PM:
740/740  (740/740)
PR:
740/740  (740/740)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Ania van Bartz em Sex Maio 08, 2015 3:01 am


GUILTY OR NOT?


Isso! Havia conseguido subir na caminhonete. Tudo saído como planejado, certo? Não! Nem todos haviam conseguido subir no veículo, havia apenas ela e mais três ali, faltava um, o filho de Poseidon. Olhou para trás. Viu o jovem paralisado. – O que aconteceu com ele? – Questionou, porém não alto o suficiente para que todos escutassem. Sabia que nenhum dos demais aceitaria ir embora sem aquele que faltava. O frio aumentava, começara a nevar. Por sorte, o plano da garota de Atena parecia  ter dado certo, em parte, uma vez que a ave ficou, aparentemente, petrificada. A voz da menina novamente ecoou em sua mente, não gostava muito daquela invasão de privacidade, mas entendia a situação, sabia que era necessário e que viria a ser útil. Uma ideia se arquitetava em seus pensamentos, sabia dos riscos e estava disposta a corrê-los.

- Assim que ele aparecer, você já sabe o que fazer, acompanhe e defenda, se preciso for, meus companheiros. - Murmurou para a cobra. No dedo indicador da mão direita, estava o anel que viria a se transformar em sabre caso fosse atacada, preparado para derramar mais sangue, manchar ainda mais a sua lâmina. Será que o sangue dessa magnífica criatura é azul? A mente era insana, morte e vida andavam lado a lado, porém não queria mais nenhuma das duas, queria apenas ser, nem tirar a vida e nem manter a vida, apenas ser.

Pai, ajude-me com essa tarefa, por favor. Aquela era a sua hora de agir, de ser útil, de servir para alguma coisa naquele mundo. A concentração era intensa, sabia que o que estava prestes a fazer não era fácil, porém tinha que concretizar sua ideia, aquela talvez fosse a opção mais acessível naquele momento. Saltou da caçamba da caminhonete, encostou as mãos no chão, visualizava, em sua  mente, a aparição de um veículo.que já tinha visto em alguns filmes de ficção que se passavam em locais do Ártico, ou da Antatrctica, um transporte muito usado, pelo menos daqueles filmes, para se locomover em territórios cobertos de neve. Esperava que desse certo. Não ficou muito tempo parada, na verdade, quase não ficara ali. Sabia que o surgimento do transporte não seria imediato, que não ia aparecer no mesmo segundo, por isso, deu continuidade ao que se passava em sua mente insana, aquela era a hora.

Avançou com velocidade, o mais rápido que conseguia. Passou por Alicia, ouviu o seu comentário, o que fez surgir um sorriso bastante psicopata em seus lábios. – Deixe a louca que há em você aflorar. – Em momento algum parou de correr. Preciso que confie em mim. Tente me ajudar a fazer com que ele nos leve até Despina, como você mesma disse, essa  coisa deve nos levar até a deusa. Eles não tinham muito a perder, Ania escolhera aquela ação pois, caso desse errado, ela sofreria as consequências, e não os demais. Não vou deixar que aconteça com eles o que aconteceu com você, irmão, não vou os deixar morrer sem fazer nada, ninguém vai me impedir dessa vez. A determinação estava explícita em sua feição por completo, principalmente no olhar.

Chegando próxima à criatura, Ania tentaria saltar sobre a mesma e agarrar o seu pescoço, nem que para isso tivesse que usar suas botas. Caso conseguisse se prender á criatura, faria tudo que estava ao seu alcance, esperando que Alicia fizesse o mesmo. Suas habilidades mentais não eram das melhores, porém serviam para alguma coisa. Usou sua telepatia para deixar mensagens na mente da fênix, esperando que desse certo: Despina está nos esperando, leve-nos até ela. Como não sabia se apenas aquilo daria certo, também usava sua lábia para enfatizar a ideia de que era para ela todos até a deusa em questão. – Por favor, Despina precisa limpar o seu nome, e estamos aqui para isso, antes que todos se voltem contra ela. – Tentava parecer o mais convincente possível, para conseguir chegar ao destino o mais rápido possível. Levem o garoto de Poseidon até o veículo. Se o plano, se é que merecia  ser chamado assim, desse certo, seria levada de carona, agarrada ao pescoço da ave.

Equipamentos Levados:

• Sabre do Vento [Bronze Celestial // Um sabre forjado em bronze celestial que é capaz de se transformar em um anel quando não está em uso. Possui a habilidade de, duas vezes por missão, cortar o ar tão rápido em seus golpes que se torna completamente invisível durante o restante do turno // Presente de reclamação de Hermes].

• Botas Aladas [Bronze Celestial // Réplica em bronze celestial das botas usadas por Hermes. Disfarçam-se de tênis quando não estão em uso, e ao serem ativadas, protegem os pés e o princípio das canelas. Dão ao semideus a capacidade de planar, não sendo possível sair mais de um metro e meio do chão, mas podem ser usadas para ganhar mais velocidade // Presente de reclamação de Hermes]. Usar a capacidade de ganhar mais velocidade e, caso precisa, a de planar.

• Summon [Anel // Ouro // Anel simples, feito de ouro e sem nenhum adorno. Quando ativado, dá ao usuário a habilidade de invocar um monstro do bestiário cujo número de estrelas seja equivalente ao seu nível. Este será leal ao seu invocador, e o acompanhará até morrer ou durante quatro turnos. Um monstro por missão // Evento de Páscoa]
Mascote:

• Serpente de duas cabeças [Filhote // Nível 01 // 100 PV // 100 PR // 0 L // Uma serpente de corpo longo, até 1,84m de comprimento, possui duas cabeças, uma dela venenosa e outra não e no formato de najas. // Enrolar/Prender, Mordida/Veneno, Sentidos Aguçados // O semideus que olhar para os olhos de qualquer uma das cabeças, ficará hipnotizado e não conseguirá olhar para outro lugar]
Poderes Passivos:

[Nível 01] Furtividade – O filho de Hermes é incrivelmente silencioso ao realizar furtos, dificilmente sendo percebidos, assim como seu pai ao roubar cinquenta vacas de seu irmão Apolo, sendo um mestre em camuflagem. Ademais, ganha perícia com adagas.

[Nível 03] Agilidade Nata – O filho de Hermes tem uma agilidade maior do que a maioria. Corre mais rápido, desvia mais facilmente de obstáculos, entre outros atributos que melhoram ao longo do tempo. Para desviar de qualquer obstáculo.

[Nível 05] Idiomas – Como Hermes era o mensageiro dos deuses, ele acabava por entrar em contato com muitos idiomas, e assim seus filhos conseguem entender, ler e falar todas as línguas do mundo.

[Nível 06] Astronomia – Sendo Hermes o patrono da astronomia, os filhos de Hermes conhecem todo o mapa estelar, podendo se orientar pelo céu à noite.

[Nível 07] Viajante – O filho de Hermes não se cansa de viajar, seja um passeio no parque ou cruzando o continente: a viagem não o vai cansar.

[Nível 09] Diplomacia & Lábia – O filho de Hermes tem facilidade em ações diplomáticas, sabendo apaziguar os ânimos e chegar a um acordo. Além disso, consegue usar de sua lábia para tentar manipular os outros.

[Nível 10] Ofidioglossia – O filho de Hermes consegue falar com cobras, possuindo uma resistência a venenos oriundos delas.

[Nível 12] Le Parkour – O filho de Hermes tem facilidade em aprender técnicas de parkour, como escaladas, rolamentos, saltos, entre outros.

[Nível 15] Resistência a Venenos – Agora, além do veneno das cobras, todos os venenos tem seu efeito reduzido no filho de Hermes.

[Nível 17] Guia dos Mortos – Como Hermes era o guia dos mortos, os filhos de Hermes conseguem ver e se comunicar com almas, mas não dá controle sobre elas.

[Nível 19] Primeiros Socorros – O filho de Hermes consegue realizar pequenos curativos, podendo estancar cruzamentos e até realizar alguns tratamentos mais simples.

[Nível 20] Telepatia – O filho de Hermes conseguirá comunicar-se telepaticamente com outras pessoas, podendo depositar a mensagem na cabeça dos outros e escutar pensamentos.
Poder Ativo Utilizado:

[Nível 13] Hermes Trimegisto: O Viajante – Os egípcios acreditavam que Hermes era "Três Vezes Grande", com três facetas, e por isso lhe deram a alcunha de Trimegisto. A primeira, O Viajante, dará ao filho de Hermes a capacidade de invocar um meio de viagem - um navio, um avião, um carro, enfim -, podendo levar aliados em suas viagens.
Gasto: 80 PM por turno.
Habilidade de Treino:

[TREINOS ESPADA] Espadachim – O semideus se torna apto a batalhar com a espada e todas suas variantes, seja de maior ou menor tamanho. Envolve adagas, cimitarras, sabres, floretes, claymores, katanas e diversas outras variantes desta mesma arma.







Progênie de Hermes
Progênie de Hermes
avatar
Ania van Bartz
Título : Indefinido
Idade : 16

Ficha do personagem
PV:
700/700  (700/700)
PM:
700/700  (700/700)
PR:
700/700  (700/700)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Brandon F. Schultz em Sex Maio 08, 2015 5:46 pm



user posted image
05 Sherlock Holmes
Ain't never been much of the church type
But I believe in the last days
I walk through Hell almost every night
But I believe it's a pathway -----------  


Tudo estava escuro, eu não sentia meu corpo, tão pouco tinha noção do que acontecia do lado de "fora". Somente sabia que estava incapacitado, não poderia auxiliar meus companheiros, restava apenas contar que meu cão estivesse chego ao local e assim sendo ele poderia me carregar para onde os demais desejassem. Digo, ele ainda era pequeno eu sei, mas poderia fazer o trabalho de me arrastar para algum canto. Assim ao menos não ficaria para trás, seja lá tudo o que estivesse a se passar.

Poderes passivos e Arsenal.:

Arsenal:
• Espada Infernal [Ferro Estíge // Uma espada forjada em ferro estíge que, ao ser guardada na bainha, se for a vontade de seu dono, encolhe seu tamanho o suficiente para que possa ser guardada no bolso. Sempre que tira a vida de algum ser, absorve e aprisiona sua alma dentro da lâmina, guardando-a para usos posteriores do filho de Hades. Almas guardadas: 00 // Presente de reclamação de Hades].

• Elmo das Sombras [Ferro Estíge // A réplica do elmo das sombras de Hades, que dá ao semideus que o veste o poder da invisibilidade por um turno, habilidade que pode ser ativada duas vezes por missão. Quando não está em uso, transforma-se em uma touca preta de lã // Presente de reclamação de Hades].

• Wittol [Elmo // Bronze // Elmo feito para cobrir quase toda a cabeça do usuário, deixando apenas o rosto de fora. Da parte da testa saem longos chifres. Quando ativado, torna o usuário imune a qualquer poder ou ação que vise enganá-lo, seja persuasão, charme, ou mesmo uma simples mentira. Dura três turnos e pode ser usado uma vez por missão // Evento de Páscoa].

Poderes Passivos:
[Nível 01] Prole Infernal – O filho de Hades é capaz de enxergar e se comunicar com fantasmas e espíritos que vagam sobre a terra. Não é capaz, porém, de exercer domínio algum sobre eles.


[Nível 03] Respiração Submersa – O filho de Hades tem facilidade em respirar e sobreviver dentro de ambientes completamente fechados, próximos da ausência de oxigênio, assim como o Submundo.


[Nível 05] Alma Sombria – O filho de Hades possui uma aura sombria que ronda seu corpo, por ser filho de quem é. Todo ser vivo que se aproxime sente um pequeno incômodo com sua presença, como estar diante da morte.


[Nível 06] Geocinese – O filho de Hades é capaz de exercer seu domínio sobre a terra e seus minerais, controlando-os à sua inteira vontade.


[Nível 07] Caminho dos Mortos – O semideus prole do rei do Submundo passa a possuir passe livre para visitar as dependências do inferno sempre que bem desejar, apesar disso, ainda é incapaz de tocar o Tártaro.


[Nível 09] Comunicação Obscura – O semideus em questão tem o dom natural de se comunicar com criaturas sombrias, como Cães Infernais e o Cérbero, além de outras criaturas do submundo, não importando o quão forte são, mas é incapaz de exercer controle sobre tais seres.


[Nível 10] Base Sólida – Por ter uma fortíssima ligação com a terra, o filho de Hades tem o chão como sua base principal. Sempre que de pé sobre solo firme (não valendo para andares de prédios por exemplo), se torna praticamente inabalável, não caindo diante de tremores ou mesmo fortes ventanias.


[Nível 12] Cura Sombria – Sempre que o filho de Hades repousar seu corpo sobre as sombras irá curar 30 de PV por turno. É preciso que esteja nas sombras, mesmo que a noite, a luz da lua anularia o poder.


[Nível 15] Umbracinese – O filho de Hades possui agora total domínio sobre as sombras, se tornando capaz de moldá-las e modifica-las de acordo com sua vontade e comando, podendo até mesmo as solidificar.


[Nível 17] Íris Obscura – Mesmo diante da total ausência de luz, quando a escuridão domina tudo ao seu redor, os filhos de Hades são capazes de enxergar com perfeição, como se estivessem em plena luz do dia.


[Nível 19] Sombra – Ao entrarem em contato com as sombras são capazes de camuflar-se totalmente, como se tornassem seu corpo a própria sombra, ficando completamente invisível.


[Nível 20] Domador das Almas – O filho de Hades passa a exercer influência sobre almas, fantasmas e espíritos que vagam sobre a terra, podendo controla-los e até mesmo extrair informações a força, ou as usar para espionar. Não é muito útil como auxílio de combate, pois seres espirituais não recebem ou causam dano a seres vivos.


[Nível 23] Cheiro de Morte – o semideus portador desta habilidade sente o "cheiro" da morte, podendo sentir dois segundos antes um movimento fatal de alguma pessoa. A habilidade é adquirida após presenciar a morte ou matar diversas pessoas. Serve, principalmente, para defesa.


[Nível 25] Guerreiro das Sombras – Quando nas sombras, diante de seu controle sobre ela, o semideus passa a ter suas capacidades físicas dobradas, se tornando mais rápido e mais forte do que o normal.


[Nível 27] Aura Fria – Tornando-se cada vez mais forte, o filho de Hades exala uma aura fria capaz de matar plantas e vegetais que estão ao seu redor, passando uma sensação obscura e gélida para aqueles que se aproximam, além de calafrios fortes. Monstros e seres do submundo, assim como semideuses com ligações ao Terror irão lhe respeitar.


[Nível 30] Eco-Localização – O filho de Hades, quando em contato com o solo tem a habilidade de identificar qualquer forma de vida em um raio de 2km, podendo diferenciar seu peso, altura, formato e a distância exata entre ele e o alvo.

Poderes Ativos e Habilidades:
Habilidades:
• [TREINOS ESPADA] Espadachim
• [TREINOS SIMULAÇÃO] Reflexos Aprimorados
• [TREINOS ARTES MARCIAIS] Concentração
• [TREINO DUAS ARMAS] Ambidestria

Poderes Ativos:
[Nível 04] Chamado – O filho de Hades poderá invocar seu cão infernal – do presente de reclamação – independente do local que o mesmo esteja, ele usará transporte das sombras, porém o gasto será apenas do filho de Hades e não do mascote.
Gasto: 10 PM.

Mascote:
• Cão Infernal [Filhote // Nível 01 //  100 PV // 100 PR // 0 L // Cão preto e com olhos vermelhos, como se fogo ardessem em seus olhos. Quando filhote, possui um metro e meio de altura. // Morder e garras // O cão infernal tem a habilidade de transportar-se na mínima sombra, pode ser até de uma árvore, para onde bem desejar]


OFF:
Sim, o post ficou assim porque não tem o que eu fazer desmaiado, nem descrever a situação da kkkkk. Queria era entender porque de uma rodada passou para duas? E essa seria a segunda?

notes: --- where: ---when: ---
thanks to ree! from aglomerado.




 
 
 
Soldatino

But we've survived more terrible monsters than sleep
Progênie de Hades
Progênie de Hades
avatar
Brandon F. Schultz
Título : Indefinido
Idade : 20

Ficha do personagem
PV:
840/840  (840/840)
PM:
840/840  (840/840)
PR:
840/840  (840/840)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Gaia em Qui Maio 14, 2015 12:28 pm

1. Narração

Por algum motivo estranho à todos, o filho de Éolo Édouard simplesmente caiu na caçamba do veículo, desmaiado. E Hunter, quando o gelo derreteu em seu corpo, também desmaiou imediatamente. Eles poderiam pedir ajuda para alguém buscá-los e levá-los ao acampamento ou carregá-los para a aventura, isso eram duas das inúmeras opções dos bravos guerreiros semideuses.

No entanto, ninguém percebeu o acontecido naquele momento. Estavam ocupados demais arquitetando um plano. Por incrível que pareça, quando Ania afastou as mãos do chão, um veículo começou a se formar. Sólido e muito real. Suas rodas formaram mais rápido, para depois o restante do mesmo tomar forma. Não demorou mais que 3 minutos esse processo, até mesmo uma coloração azul o carro tomou.

Entretanto, a filha de Hermes não ficou para confirmar a criação de sua obra-prima. Apenas continuou a correr, em uma velocidade incrível e invejável. Ela saltou ao chegar próximo a criatura paralisada, mas não alto o suficiente, por sorte, os tênis a ajudaram a planar e alcançar o monstro mais belo já existente.

Quanto à filha de Atena, esta tentava também comunicar-se com a fênix, enquanto Ania o fazia por meio de telecinese, tentando conectar-se a mente da criatura. Além disso, Alicia levava os corpos de Brendon e Hunter no automóvel com o uso de sua telecinese.

Infelizmente, eles não conseguiriam domesticar a bela espécime de ave, que apenas obedecia à um único alguém. Ao fim de suas ações, o holograma simplesmente desapareceu, e assim, ela começou a mover-se freneticamente, para tentar tirar a garota de cima de si. Seus olhos tornaram-se brancos, e isso demonstrava com clareza que iria soltar algum tipo de poder em direção aos que estavam no chão, enquanto agitada, tentava tirar Ania de si. A lábia não funcionara, teriam que fazer isso de outro modo.

Ao longe, escutaram uma risada feminina, que parecia deliciar-se com aquele momento de ação. Na verdade, o som parecia não ter origem. Reverberava por todo ambiente em sua volta e com isso, a neve intensificava e o vento gélido também, castigando os semideuses com um frio colossal.

Brandon que estava no banco do novo carro, abriu os olhos, retornando ao mundo após tão brusco desmaio. Estava atordoado e não sabia o que acontecia, mas os seus olhos focaram Édouard desmaiado, assim como Hunter, deixando-o completamente confuso.

Monstros:
Fênix de Gelo – 1000/1000 PV | 900/1000 PM
Condição:
Obs: Habilidades: [1x] Renascer – 500 PM
Esferas de Gelo – 50 PM (ataque básico)
Jato Congelante – 100 PM (Congela o alvo por 1 turno)
Raio da Nevasca – 300 PM (Afasta todos, lançando-os para trás e causa 80 PV de dano)

Semideuses:

Brandon F. Schultz – 600/740 PV | 635/740 PM | 560/740 PR
Condições: -10 sangramento PV
Sangramento parcialmente estancado. Diminui a quantidade de perda de sangue.

Ania Van Bartz – 450/480 PV | 400/480 PM | 390/480 PR
Condições: 80 PM pelo poder | Se não arrumar uma forma de ficar resistente e segurar a fênix, na próxima rodada irá cair.

Alicia Blanchett – 560/560 PV | 340/560 PM | 420/560 PR
Condições: -45 PM pelos poderes usados.

Hunter Butler – 960/980 PV | 930/980 PM | 880/980 PR
Condições: Desmaiado no carro.

Édouard Saint-Exupéry – 440/460 PV | 360/460 PM | 370/460 PR
Condições: Desmaiado em cima da caçamba da caminhonete.

2. instruções


- Todo post meu tem uma dica no meio para descobrir os pontos principais, que primeiro, é a localização de Despina.

- Lembrem-se que matar nem sempre é a resposta.

- Sejam estratégicos.

3. regras


- Prazo: 16/05/2015 às 22:00

- Há risco de morte!

- Template e fonte com possibilidade de leitura boa, sem cores extravagantes ou fontes muito pequenas.

- Poderes passivos até o nível atual em spoiler, os que forem usados, deixá-los em negrito. Poderes ativos usados em spoiler. Armamentos e itens em spoiler. Quaisquer observações quanto ao post, em spoiler. Habilidades de treinos em spoiler. Éduard, colocar os poderes passivos, todos que tem, em spoiler!

- Sou eu que narro, então por favor, não narrem ataques e desvios de monstros, não concretizem suas ações, não narrem por mim. Sempre siga o que eu narrei e use apenas o ambiente que eu definir.

- Não tem ordem de post, tentem fazer com que os posts sigam uma sequencia lógica de acontecimentos.

- A missão trata-se de uma missão estratégica e inteligente, vocês deverão buscar as pistas nos meus posts, afinal, antes de tudo, devem encontrar o palácio e para isso, devem seguir dicas. Prestem bem atenção na minha narração!

- Sempre ler as instruções, normalmente darei dicas particulares de posts para impedir que eu diminua em recompensa de evento por besteira.

- Não poderá pedir missão ou fazer treinos à partir de agora.

- O prazo para conclusão desse evento é 22/05/2015, se não concluir, será declarada falha, todos perderão fama e a consequência será global e drástica. Prazo aumentado, se não quiserem aumentar, basta pedir que volto para dia 20.


e
v
e
n
t
o

Deuses
Deuses
avatar
Gaia

Ficha do personagem
PV:
100/100  (100/100)
PM:
100/100  (100/100)
PR:
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário http://thaliastree.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Ania van Bartz em Sab Maio 16, 2015 2:03 pm


GUILTY OR NOT?


A ideia era louca? Sim. Porém, aparentemente, havia dado certo. Quer dizer, pelo menos uma parte dele, Ania se encontrava pendurada no pescoço daquela bela criatura, porém a ideia de conseguir controlar a mesma foi um fracasso. Além de não saberem para onde ir, agora tinham mais um problema, a fênix não estava nada contente, começando a fazer de tudo para conseguir derrubar a jovem, que balançava de um lado para o outro, fazendo o possível para não cair. – Ave irritante, sossega. – Porém sabia que suas palavras eram inúteis, não iriam adiantar em nada. Sabia que se não fizesse nada, iria acabar se encontrando com o chão. Ok, não gostava de voar, porém também não queria se voltar ao solo da forma como aquela criatura queria acontecesse.

“Alicia, se eu cair, me ajude.” O pedido foi feito, esperava que fosse escutado e atendido, caso necessário. Mais uma ideia que poderia ser vista como louca se elaborava em sua mente. Sentiu o anel em seu dedo, estava na hora de usar aquilo que lhe foi disponibilizado. Sua intenção era ativar seu sabre, fazer a lâmina surgir e ficar voltada contra a garganta da criatura de gelo. Se conseguisse ativar a arma antes de cair, iria colocar a mesma contra o pescoço da fênix, segurando-se com uma das mãos no cabo, a direita, e a esquerda segurando em parte da lâmina, sabendo que poderia se cortar, porém estava disposta a correr o risco.

Foi quando ouviu uma risada. Ela vinha de... de... de todos os lugares.
“Será?” Não podia se distrair, tinha que manter o foco. A neve começou a cair mais frequentemente, o vento gélido castigava, o frio ficava cada vez mais intenso. “Agora!” Se tudo saísse como o planejado, realizaria um movimento rápido, soltando a mão esquerda e usando a bota para não perder o equilíbrio, e movendo a mão direita para o lado, com a intenção de realizar um corte para ferir a criatura que havia atrapalhado a jornada de Ania e seu companheiros. Caso caísse da fênix, tentaria usar  as botas para que a sua queda são fosse muito brusca.
Equipamentos Levados:

• Sabre do Vento [Bronze Celestial // Um sabre forjado em bronze celestial que é capaz de se transformar em um anel quando não está em uso. Possui a habilidade de, duas vezes por missão, cortar o ar tão rápido em seus golpes que se torna completamente invisível durante o restante do turno // Presente de reclamação de Hermes].

• Botas Aladas [Bronze Celestial // Réplica em bronze celestial das botas usadas por Hermes. Disfarçam-se de tênis quando não estão em uso, e ao serem ativadas, protegem os pés e o princípio das canelas. Dão ao semideus a capacidade de planar, não sendo possível sair mais de um metro e meio do chão, mas podem ser usadas para ganhar mais velocidade // Presente de reclamação de Hermes]. Usar para tentar planar caso haja a queda.

• Summon [Anel // Ouro // Anel simples, feito de ouro e sem nenhum adorno. Quando ativado, dá ao usuário a habilidade de invocar um monstro do bestiário cujo número de estrelas seja equivalente ao seu nível. Este será leal ao seu invocador, e o acompanhará até morrer ou durante quatro turnos. Um monstro por missão // Evento de Páscoa]
Mascote:

• Serpente de duas cabeças [Filhote // Nível 01 // 100 PV // 100 PR // 0 L // Uma serpente de corpo longo, até 1,84m de comprimento, possui duas cabeças, uma dela venenosa e outra não e no formato de najas. // Enrolar/Prender, Mordida/Veneno, Sentidos Aguçados // O semideus que olhar para os olhos de qualquer uma das cabeças, ficará hipnotizado e não conseguirá olhar para outro lugar]
Poderes Passivos:

[Nível 01] Furtividade – O filho de Hermes é incrivelmente silencioso ao realizar furtos, dificilmente sendo percebidos, assim como seu pai ao roubar cinquenta vacas de seu irmão Apolo, sendo um mestre em camuflagem. Ademais, ganha perícia com adagas.

[Nível 03] Agilidade Nata – O filho de Hermes tem uma agilidade maior do que a maioria. Corre mais rápido, desvia mais facilmente de obstáculos, entre outros atributos que melhoram ao longo do tempo.

[Nível 05] Idiomas – Como Hermes era o mensageiro dos deuses, ele acabava por entrar em contato com muitos idiomas, e assim seus filhos conseguem entender, ler e falar todas as línguas do mundo.

[Nível 06] Astronomia – Sendo Hermes o patrono da astronomia, os filhos de Hermes conhecem todo o mapa estelar, podendo se orientar pelo céu à noite.

[Nível 07] Viajante – O filho de Hermes não se cansa de viajar, seja um passeio no parque ou cruzando o continente: a viagem não o vai cansar.

[Nível 09] Diplomacia & Lábia – O filho de Hermes tem facilidade em ações diplomáticas, sabendo apaziguar os ânimos e chegar a um acordo. Além disso, consegue usar de sua lábia para tentar manipular os outros.

[Nível 10] Ofidioglossia – O filho de Hermes consegue falar com cobras, possuindo uma resistência a venenos oriundos delas.

[Nível 12] Le Parkour – O filho de Hermes tem facilidade em aprender técnicas de parkour, como escaladas, rolamentos, saltos, entre outros.

[Nível 15] Resistência a Venenos – Agora, além do veneno das cobras, todos os venenos tem seu efeito reduzido no filho de Hermes.

[Nível 17] Guia dos Mortos – Como Hermes era o guia dos mortos, os filhos de Hermes conseguem ver e se comunicar com almas, mas não dá controle sobre elas.

[Nível 19] Primeiros Socorros – O filho de Hermes consegue realizar pequenos curativos, podendo estancar cruzamentos e até realizar alguns tratamentos mais simples.

[Nível 20] Telepatia – O filho de Hermes conseguirá comunicar-se telepaticamente com outras pessoas, podendo depositar a mensagem na cabeça dos outros e escutar pensamentos.
Habilidade de Treino:

[TREINOS ESPADA] Espadachim – O semideus se torna apto a batalhar com a espada e todas suas variantes, seja de maior ou menor tamanho. Envolve adagas, cimitarras, sabres, floretes, claymores, katanas e diversas outras variantes desta mesma arma.

Poder Ativo Utilizado:

[Nível 13] Hermes Trimegisto: O Viajante – Os egípcios acreditavam que Hermes era "Três Vezes Grande", com três facetas, e por isso lhe deram a alcunha de Trimegisto. A primeira, O Viajante, dará ao filho de Hermes a capacidade de invocar um meio de viagem - um navio, um avião, um carro, enfim -, podendo levar aliados em suas viagens.
Gasto: 80 PM por turno.







Progênie de Hermes
Progênie de Hermes
avatar
Ania van Bartz
Título : Indefinido
Idade : 16

Ficha do personagem
PV:
700/700  (700/700)
PM:
700/700  (700/700)
PR:
700/700  (700/700)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Eros em Sab Ago 22, 2015 11:31 am

Missão cancelada. Cada membro recebeu 500xp ou cinco níveis + 300 dracmas + 15 de Glória (Exceto para Ania, que fez a missão com objetivo Terror).
Deuses
Deuses
avatar
Eros
Título : Deus do Amor
Fama : O Amor era o mais selvagem de todos os monstros.


Ficha do personagem
PV:
100/100  (100/100)
PM:
100/100  (100/100)
PR:
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] GUILTY OR NOT?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum