[Arena] Oitava Arena de Combates: Ragnar x Anne

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Arena] Oitava Arena de Combates: Ragnar x Anne

Mensagem por Tártaro em Sab Ago 22, 2015 6:14 pm

1. Ambientação da Arena


As arquibancadas são protegidas por magia, impedindo que qualquer espectador saia ferido, no mais próximo do combate existe uma cabine especial para os Deuses. A arena é longa e oval, como um Coliseu Romano, alto e espaçoso é uma região montanhosa. Entre as várias montanhas no local, existem picos de todos os tamanhos, altos e com no minimo sete metros de altura, bons para desviar, se esconder e escalar, essas montanhas são feitas de rocha solida, como qualquer outra montanha. No lado direito da arena existe um precipício enorme, simplesmente está ali, derrubar o inimigo ou cair de lá de cima é simplesmente garantia de vitoria. O conjunto todo é praticamente um labirinto aberto.

Jogar o inimigo ainda vivo do precipício, com um chute no peito, pode desbloquear o título especial: THIS IS SPARTA! - Chute seu oponente da beira de um precipício.


2. Regras de combate


Tirando as regras do torneio, existem as regras de combate que serão postas aqui e não precisarão ser lembradas no decorrer da luta:


  • O combate sera realizado em turnos, seguindo o formato; Narrador, um player, outro player. A ordem de quem postar primeiro não fara diferença, sera avaliado também os movimentos como um todo e sera dado a narração.
  • É terminantemente proibido fazer um movimento e narrar como se tivesse certeza que acertou, não narre as lutas, faça seus movimentos, eu dou o veredito, portanto use: Tentei; e sinônimos.
  • Todos os itens, poderes e habilidades, tanto provenientes do progenitor (para poderes e habilidades) e do evento (para itens), devidamente organizados em Spoiler, isso é de vital importância para um bom desenrolar de combate.
  • Colocar um resumo das ações, separado dos itens, etc, para que eu possar pegar dinamicidade da batalha.
  • Tudo é permitido na Arena: Mortes, aleijamentos, decapitações, etc. Desde que dentro do combate siga as regras, tanto do torneio, quanto desta lista.
  • As demais regras podem ser encontradas aqui.




A
R
E
N
A


Última edição por Érebo em Dom Ago 30, 2015 8:07 pm, editado 1 vez(es)
Deuses
Deuses
avatar
Tártaro
Título : Indefinido

Ficha do personagem
PV:
9999999/9999999  (9999999/9999999)
PM:
9999999/9999999  (9999999/9999999)
PR:
99999990/9999999  (99999990/9999999)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Arena] Oitava Arena de Combates: Ragnar x Anne

Mensagem por Tártaro em Seg Ago 24, 2015 4:57 pm

1. Narração


O alvoroço era geral, o campeonato finalmente havia começado, as pessoas mal podiam acreditar. Ninfas de todos os tipos, deuses, semideuses, e alguns outros habitantes do Olimpo e até mesmo do mundo inferior lotavam as arquibancadas. Quando a sétima luta acabou, eles mal podiam acreditar no vencedor. Agora a oitava luta iria ser iniciada, ninguém queria esperar. De todas as formas o clima estava tenso na arena, por alguns instantes tudo ficou em pleno silencio, arena brilhou intensamente, assumindo uma cor dourada, impedindo a visão dos que estavam na arquibancada, e quando voltou ao normal uma outra arena havia no lugar; esta era uma área montanhosa.

...

"Anunciamos que a oitava luta vai começar: Ragnar, de Nêmesis e Anne, de Nêmesis, se enfrentando numa batalha mortal", as palavras de Afrodite ainda ressoavam na cabeça dos jovens. Ambos respiraram fundo e de dentro do arsenal, onde todos os participantes aguardavam sua luta, eles se encararam, cada um pegou seus equipamentos. A hora de se despedir era agora, o nervosismo tomava conta, além da responsabilidade de fazer um espetáculo, os dois semideuses tinham que pensar em como alcançariam a vitoria e o que fariam para se manter vivo.

Ambos saíram do arsenal um do lado do outro e acessaram um corredor, lá estava uma pequena placa dizendo: "Ragnar e Anne, por aqui", seguida por uma seta vermelha que indicava a direção pra onde deveriam ir para acessar a arena. Estava claro que aquele painel digital iria mudar, assim como, ao atingir o final do corredor, o painel acima das portas, cada uma delas dizendo: "Anne, por aqui" e a outra "Ragnar, por aqui". Não entendiam por que haviam duas portas, uma pra cada um, mas logo entenderam. Foi anunciado a entrada dos dois e eles logo sacaram que cada uma das portas dava pra um lado da arena. Era agora: O nervosismo tomou conta do esqueleto e cada um adentrou a sua porta, saindo ambos atrás de montanhas, Ragnar pela esquerda e Anne pela direita. O precipício estava distante e ambos nem sabia de sua existência, ainda.


2. Adendos


Segue todos as instruções e afins:


  • Não atacar ainda, ambos devem narrar que saíram da sua porta e se posicionaram, mas sem começar a atacar. Aonde vocês querem ficar na arena é da conta de vocês, mas fugir não vai dar certo, a intenção é combate direto.
  • Não precisam narrar tudo que foi dito no post, fica a critério de vocês, onde começar, onde parar, mas a narração de vocês tem que começar no minimo da saída na porta, o resto não é obrigatório.
  • Vocês devem colocar tudo que foi posto na ficha de inscrição, desde itens até as habilidades, em MP, seguindo a instruções do post acima deste.
  • Vocês tem até quinta-feira (27), ás 19:00 horas pra postar; mas quanto mais rápido postarem, mais rápido eu posto.
  • Deixar de postar sem justificar não é bom. Vocês podem ficar até duas rodadas sem postar no torneio, depois disso estão nas mãos de seu adversário, onde estes podem fazer o que quiserem com você. (Exemplo: Não postei na intro, não postei no primeiro round, seu oponente narra o que quiser no segundo e se você não postar é concretizado, se postar sairá no minimo machucado)
  • Qualquer necessidade: MP ou Skype (gabrielcintram)
  • As demais regras podem ser encontradas aqui/no post acima.


i
n
t
r
o


Última edição por Érebo em Dom Ago 30, 2015 8:11 pm, editado 1 vez(es)
Deuses
Deuses
avatar
Tártaro
Título : Indefinido

Ficha do personagem
PV:
9999999/9999999  (9999999/9999999)
PM:
9999999/9999999  (9999999/9999999)
PR:
99999990/9999999  (99999990/9999999)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Arena] Oitava Arena de Combates: Ragnar x Anne

Mensagem por Anne Elle Kammie em Dom Ago 30, 2015 8:05 pm

TORNEIO
Live or die? Beat me and we’ll see.
------ ✖ ------


O
simples fato de estar em meio a um torneio deixava a morena completamente frenética. As vozes em sua cabeça estavam excitadas, conversando entre si sobre estratégias e melhores modos de matar oponentes. Anne procurava ignorá-las ao máximo, enquanto vestia os equipamentos deixados para si naquele enorme arsenal em que todos os competidores estavam alocados.

Outra fator deslumbrante era que de fato o torneio estava sendo sediado pelos Deuses Olimpianos, logo, estavam no Olimpo. Algo que de fato tornava a situação mais séria. Sua performance como lutadora deveria ser no mínimo perfeita para não envergonhar-se diante dos imortais.

Enquanto ocorria a sexta luta na arena, Elle decidiu por preparar-se melhor em meio a melodia de lâminas cortando ar, gritos dos oponentes e urros da platéia. Em primeiro momento, vestiu-se com a couraça e chamou atenção de um homem que ali estava para ajudá-la, para que apertasse firmemente a parte da armadura. Em seguida, colocou as grevas e as botas. Andou de um lado para outro, para testar o peso, que por incrível que lhe pareça, não incomodava muito. Talvez fosse a sua ”super força”, não sabia. Colocou as luvas e por um intervalo de tempo, entre o começo e a metade da sexta luta, fechou e abriu a mão diversas vezes para acostumar-se com aquele equipamento de proteção. Não demorou para que o incômodo sumisse. Testou então o peso das armas escolhidas, uma bela foice de 1,80m, um pouco maior que a própria altura da morena. Girou-a na mão, fazendo cortes da horizontal para baixo e para cima, girou em volta do próprio corpo para compreender melhor o peso e a força necessária dos golpes à infringir. Pegou então a aljava de flechas e prendeu nas costas, de forma a ficar segura na couraça e não cair. Por fim, vestiu o elmo, algo que com toda certeza retiraria durante a luta, por não ser lá muito confortável.

Fechou os olhos enquanto a sétima batalha estava no fim, concentrando-se ao máximo. Mesmo que por vezes, desse ouvido às vozes, elas não eram mais incômodas como uma vez foram. Ás vezes até mesmo conversava com elas, sem se importar o quão louca parecia.

[Anne, nós vamos estrangular o inimigo!]

[Estrangular não, decepar!]

[Que tal cortar pedacinhos pequenos até ter uma hemorragia?]

[NÃO, NÃO! Tenho uma Ideia melhor, vamos cortar os braços e as pernas. Eis que teremos um cotoco indefeso! Awn]

Como se estivesse bem distante do locutor, escutou o seu nome ser chamado e logo depois o de um homem, Ragnar. Reconhecia o nome, mas ainda não tinha certeza de como. A voz que anunciava era tão melodiosa e bonita, que tinha certeza absoluta que pertencia à deusa Afrodite. Adiantou-se, saindo do arsenal e atravessando um corredor, procurando seguir os sinalizadores em forma de seta pelo caminho. Transpassou a porta que indicava seu nome com um sorriso um tanto quanto maligno no rosto, segurando um escudo no braço esquerdo e no direito a foice, como se a idéia de um “banho de sangue” a agradasse demais. Deparou-se com a uma praia e em uma breve análise, concluiu que encontrava-se em meio a picos altos de terra. O ar era mais seco, podia perceber, o que a deixaria ofegante mais rápido. Deveria evitar o máximo de gasto de energia. Estava em uma região montanhosa. Ao olhar á volta, reparou o precipício ali, um claro sinal de que esperavam que um dos lutadores fosse lançado por ali, ou quem sabe os dois se jogassem.

A platéia urrava em êxtase, um real circo de horrores. Apesar de não haver qualquer sinal de lutas sediadas ali anteriormente, Anne ainda podia imaginar um solo cheio de sangue e isto apenas servia de adrenalina. O sorriso sombrio alargou-se, diante da possibilidade de uma luta vale-tudo.

Anne andou alguns mínimos passos para frente, mas não distanciou-se da porta que saíra. Não achava inteligente fazer o primeiro ataque com aquelas armas, então apenas jogou o próprio escudo no chão a sua esquerda. Segurou firmemente o cabo da foice com a mão direita, enquanto que com a outra retirou uma flecha da aljava. Quando fitou seu oponente, reconheceu-o de seu próprio chalé, era um meio irmão seu. A reação esperada de uma pessoa normal seria pânico, no entanto, Anne Elle começou a rir com a ironia. Fratricídio.

Info:
Habilidades:
Reflexos gatunos - Assim como os filhos de Dionísio o semideus consegue reagir como um felino, tem resposta rápida a todo tipo de movimento, como um verdadeiro gato, mais isso não o torna mais veloz, só o torna um guerreiro de super reflexos.

Super força - O semideus é tão forte quanto um filho de Hefesto ou Ares.

Super Ágil - O semideus é extremamente rápido, se movendo com grande velocidade e seus movimentos além de bem rápidos são muito ágeis, assim como os filhos de Hermes.

Armas:
• Foice [Aço // Foice com um metro e oitenta de altura, cabo totalmente feito em madeira e lâmina curva perpendicular à empunhadura, com sessenta centímetros de aço em forma de meia lua.]

• Flechas [Madeira e Aço // Flechas de madeira com a ponta de aço, possuem cerca de quarenta centímetros de comprimento e são utilizadas como munição de arcos.]– 15 Flechas.

Armadura:
• Elmo do Terror [Ferro Estígio // Capacete metálico que protege a cabeça e as laterais do rosto, deixando apenas a parte frontal exposta. Feito completamente de metal estígio, tem penachos pretos no melhor estilo espartano.] –

• Luvas do Terror [Ferro Estígio // Par de luvas metálicas feitas de metal estígio que protegem as mãos e os antebraços do semideus.] –

• Couraça do Terror [Ferro Estígio // Peitoral de armadura feito em metal estígio, protegendo o tronco, os ombros e com um saiote metálico que protege as coxas e a cintura.]

• Grevas do Terror [Ferro Estígio // Caneleiras feitas em metal estígio que protegem as pernas do semideus. Ficam nas canelas e joelhos.]

• Botas do Terror [Ferro Estígio // Par de botas metálicas que compõe a armadura. Protegem os pés e os tornozelos, chegando até o início da canela. Feitas de metal estígio.]

Escudo:
• Escudo [Aço // Escudo redondo de aço que se acopla no antebraço. Possui um diâmetro de sessenta centímetros, protegendo o braço e o corpo com mais facilidade.]











Progênie de Nêmesis
Progênie de Nêmesis
avatar
Anne Elle Kammie

Ficha do personagem
PV:
255/380  (255/380)
PM:
190/380  (190/380)
PR:
220/380  (220/380)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Arena] Oitava Arena de Combates: Ragnar x Anne

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum