[Arena] Décima Terceira Arena de Combates: Maxxine x Valentin

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Arena] Décima Terceira Arena de Combates: Maxxine x Valentin

Mensagem por Tártaro em Sab Ago 22, 2015 6:55 pm

1. Ambientação da Arena


As arquibancadas são protegidas por magia, impedindo que qualquer espectador saia ferido, no mais próximo do combate existe uma cabine especial para os Deuses. A arena é longa e oval, como um Coliseu Romano, alto e espaçoso. O diferencial dessa arena é seu interior no campo de batalha. Em vez de aberto todo o desenrolar da luta ira acontecer numa cúpula. Contudo essa cúpula não é uma das normais, no seu interior tudo é bem iluminado. De longe o que mais chama atenção nessa arena é que mesmo fechada os espectadores podem ver em seu interior e assistir a luta. Uma vez dentro da cúpula, onde os participantes vão entrar um de cado lado e a arena interior vai se lacrar. O interior da cúpula é bizarro, cheia de lanças do mesmo tamanho, apesar disso tem um bom espaço para lutar. A cúpula é mais que perigosa por ter lanças nas laterais e no teto, existe um segredo por trás dela, você vai descobrir?

Jogar o inimigo ainda vivo nas lanças pode desbloquear o título especial: FATALITY - Jogue seu oponente em lanças, perfurando seu corpo.


2. Regras de combate


Tirando as regras do torneio, existem as regras de combate que serão postas aqui e não precisarão ser lembradas no decorrer da luta:


  • O combate sera realizado em turnos, seguindo o formato; Narrador, um player, outro player. A ordem de quem postar primeiro não fara diferença, sera avaliado também os movimentos como um todo e sera dado a narração.
  • É terminantemente proibido fazer um movimento e narrar como se tivesse certeza que acertou, não narre as lutas, faça seus movimentos, eu dou o veredito, portanto use: Tentei; e sinônimos.
  • Todos os itens, poderes e habilidades, tanto provenientes do progenitor (para poderes e habilidades) e do evento (para itens), devidamente organizados em Spoiler, isso é de vital importância para um bom desenrolar de combate.
  • Colocar um resumo das ações, separado dos itens, etc, para que eu possar pegar dinamicidade da batalha.
  • Tudo é permitido na Arena: Mortes, aleijamentos, decapitações, etc. Desde que dentro do combate siga as regras, tanto do torneio, quanto desta lista.
  • As demais regras podem ser encontradas aqui.


13º

A
R
E
N
A
Deuses
Deuses
avatar
Tártaro
Título : Indefinido

Ficha do personagem
PV:
9999999/9999999  (9999999/9999999)
PM:
9999999/9999999  (9999999/9999999)
PR:
99999990/9999999  (99999990/9999999)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Arena] Décima Terceira Arena de Combates: Maxxine x Valentin

Mensagem por Tártaro em Seg Ago 24, 2015 5:38 pm

1. Narração


O alvoroço era geral, o campeonato finalmente havia começado, as pessoas mal podiam acreditar. Ninfas de todos os tipos, deuses, semideuses, e alguns outros habitantes do Olimpo e até mesmo do mundo inferior lotavam as arquibancadas. Quando a décima segunda luta acabou, eles mal podiam acreditar no vencedor. Agora a décima terceira luta iria ser iniciada, ninguém queria esperar. De todas as formas o clima estava tenso na arena, por alguns instantes tudo ficou em pleno silencio, arena brilhou intensamente, assumindo uma cor dourada, impedindo a visão dos que estavam na arquibancada, e quando voltou ao normal uma outra arena havia no lugar; esta era uma cúpula.

...

"Anunciamos que a décima terceira luta vai começar: Maxxine, de Nêmesis e Valentin, de Nêmesis se enfrentando numa batalha mortal", as palavras de Afrodite ainda ressoavam na cabeça dos jovens. Todos no recinto em que os irmãos se encontravam começaram a murmurar. Irmãos lutando até a morte? A excitação e os comentários estavam oficialmente lançados. Ambos respiraram fundo e de dentro do arsenal, onde todos os participantes aguardavam sua luta, eles se encararam, cada um pegou seus equipamentos. A hora de se despedir era agora, o nervosismo tomava conta, além da responsabilidade de fazer um espetáculo, os dois semideuses tinham que pensar em como alcançariam a vitoria e o que fariam para se manter vivo.

Ambos saíram do arsenal um do lado do outro e acessaram um corredor, lá estava uma pequena placa dizendo: "Maxxine e Valentin, por aqui", seguida por uma seta vermelha que indicava a direção pra onde deveriam ir para acessar a arena. Estava claro que aquele painel digital iria mudar, assim como, ao atingir o final do corredor, o painel acima das portas, cada uma delas dizendo: "Valentin, por aqui" e a outra "Maxxine, por aqui". Não entendiam por que haviam duas portas, uma pra cada um, mas logo entenderam. Foi anunciado a entrada dos dois e eles logo sacaram que cada uma das portas dava pra um lado da arena. Era agora: O nervosismo tomou conta do esqueleto e cada um adentrou a sua porta, saindo ambos fora da cúpula, para então acessarem ela, Moff pela esquerda e Leistkows pela direita.


2. Adendos


Segue todos as instruções e afins:


  • Não atacar ainda, ambos devem narrar que saíram da sua porta e se posicionaram, mas sem começar a atacar. Aonde vocês querem ficar na arena é da conta de vocês, mas fugir não vai dar certo, a intenção é combate direto.
  • Não precisam narrar tudo que foi dito no post, fica a critério de vocês, onde começar, onde parar, mas a narração de vocês tem que começar no minimo da saída na porta, o resto não é obrigatório.
  • Vocês devem colocar tudo que foi posto na ficha de inscrição, desde itens até as habilidades, em MP, seguindo a instruções do post acima deste.
  • Vocês tem até quinta-feira (27), ás 19:00 horas pra postar; mas quanto mais rápido postarem, mais rápido eu posto.
  • Deixar de postar sem justificar não é bom. Vocês podem ficar até duas rodadas sem postar no torneio, depois disso estão nas mãos de seu adversário, onde estes podem fazer o que quiserem com você. (Exemplo: Não postei na intro, não postei no primeiro round, seu oponente narra o que quiser no segundo e se você não postar é concretizado, se postar sairá no minimo machucado)
  • Qualquer necessidade: MP ou Skype (gabrielcintram)
  • As demais regras podem ser encontradas aqui/no post acima.


i
n
t
r
o
Deuses
Deuses
avatar
Tártaro
Título : Indefinido

Ficha do personagem
PV:
9999999/9999999  (9999999/9999999)
PM:
9999999/9999999  (9999999/9999999)
PR:
99999990/9999999  (99999990/9999999)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Arena] Décima Terceira Arena de Combates: Maxxine x Valentin

Mensagem por Maxxine Naaktgebören em Seg Ago 24, 2015 6:58 pm




Apresentação




Dia anterior


A face pálida estava rígida contra o travesseiro. Vésperas para o torneio, os chalés do acampamento acompanhavam um rito de silêncio como se alguém tivesse morrido. Nêmesis entrava na enfermidade do que era ser um passo para mais um desafio. Seus  filhos não se comunicavam mais tudo para o assédio das lutas. Maxxine e Valentin dois que sempre eram bem próximos também sofreram disto. Max, ficava dias sozinha na floresta socando a mesma árvore e como não tinha notícias de seu irmão, contentava-se com isto. Mais para a noite, quando a lua eclipsava no céu junto com o vulgo das estrelas, a morena saia de seu respectivo chalé em reta para o lago. Seus dedos brincavam com o cigarro e os olhos, atentos para a água que era movimentada turvamente com a brisa fresca que invadia o espaço. A fumaça, atenuava com precisão naquela altura, para qual abismo estava por se jogar :

— Hora de dormir. - Jogou a bituca no meio da mata esverdeada da brandura terrena e fora dormir.

Torneio - Batalha entre Arcanjos


As pálpebras moviam-se freneticamente perante a tamanha luminosidade. O aglomerado a sua frente, a fazia ficar inerte e imóvel sem altas reações. Ouvia seu coração cumprimir em batimentos rápidos e o sangue, parecia ser a voltagem elétrica que necessitara. A katana na mão esquerda não pesava muito, ela já havia segurado coisas muito mais pesadas. Consecutivamente, a cimitarra estava estrategicamente inclinada em suas costas, dando suporte para a coluna mesmo que a armadura pudesse lhe comprometer. Os cabelos foram presos para trás, mostrando a face lívida da morena. O escudo atenuava como seu suporte, algo que ela nunca esperava utilizar. Analisou com um olhar cuidadosamente a situação contornando os que já era esperado ; As pessoas pareciam deixar pulular as vibrações. A cúpula era seu foco de luta, punha o pé e sentia um clima pesado, mas nada que a corrompesse. O sabor das coisas negativas podem submergir um efeito muito mais que prazeroso, confortante. O braço branco da moça, solevou como um saudação a todos juntamente com a ginga orgulhosa de seu corpo que não fora muito posto em discussão. Já poderia até ver a dissimulação completa ao entorno daquela arquitetura. Seres ilustres chamaram a atenção da filha de Nêmesis duvidando até mesmo das suas estratégias para o espetáculo. O raio de Zeus, retumbou como um turbilhão extensivo fazendo todos entrarem em pura reflexão. Parecia se concentrar tudo o que emanava ser de místico e divino e ela queria realmente ser, mítica. 
A voz grossa de um condecorado líder, deu abertura ao torneio. A luz aquentava aquela espécime de balaustrada a fazendo ficar mais relaxa. Abaixou o queixo em direção daquela que era sua partição proveniente seguidamente centralizando as duas sobrancelhas :

— Vamos então? Valentin… - As últimas letras era um peso, como a armadura que causava-lhe incomodo. 
Adentos:

Habilidades:

Sorteada:
Progenitor:

Ativas :

Passivas :

Armamento:

• Cimitarra [Madeira e Aço // Cimitarra com setenta centímetros de comprimento e lâmina curva de aço, com fio único. Sua empunhadura é feita em madeira.] –

• Katana [Madeira e Aço // Com oitenta centímetros de comprimento e empunhadura de madeira, a Katana tem a lâmina de aço levemente curva e um pouco mais larga que a do florete, sendo rápida e silenciosa.] 

Escudo: 

• Escudo Torre [Aço // Grande escudo retangular que se acopla no antebraço. Geralmente apoia-se no chão para melhor equilíbrio e defesa. Possui um metro e meio de altura e setenta centímetros de largura.]

Armadura: 

• Couraça da Glória [Ouro Imperial // Peitoral de armadura feito em Ouro Imperial, protegendo o tronco, os ombros e com um saiote metálico que protege as coxas e a cintura.]

• Grevas do Terror [Ferro Estígio // Caneleiras feitas em metal estígio que protegem as pernas do semideus. Ficam nas canelas e joelhos.]

• Luvas do Terror [Ferro Estígio // Par de luvas metálicas feitas de metal estígio que protegem as mãos e os antebraços do semideus.]

• Elmo da Glória [Ouro Imperial // Capacete metálico que protege a cabeça e as laterais do rosto, deixando apenas a parte frontal exposta. Feito completamente de Ouro Imperial, tem penachos dourados no melhor estilo espartano.]

• Botas do Terror [Ferro Estígio // Par de botas metálicas que compõe a armadura. Protegem os pés e os tornozelos, chegando até o início da canela. Feitas de metal estígio.]

Confira aqui : http://i.imgur.com/SIC2ion.jpg




valeu @ carol!



one thousand lonely stars
i've died a thousand times ✻  i'd die to be where you are. i tried to be where you are. every night, i dream you still here. yhe ghost by my side, so perfect so clear. when i awake, you disappear.
Progênie de Nêmesis
Progênie de Nêmesis
avatar
Maxxine Naaktgebören
Título : Novato
Fama : +3

Idade : 25

Ficha do personagem
PV:
305/320  (305/320)
PM:
320/320  (320/320)
PR:
320/320  (320/320)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Arena] Décima Terceira Arena de Combates: Maxxine x Valentin

Mensagem por Valentin Maximoff em Qui Ago 27, 2015 5:27 pm

Yeah he found a six shooter gun
In his dad's closet in a box of fun things
And i don't even know what But he's coming for you, yeah he's coming for you All the other kids with the pumped up kicks You better run, better run, outrun my gun All the other kids with the pumped up kicks You better run, better run faster than my bullet


Era incrível como todos pareciam surtar com o andamento do torneiro. Luta após luta, um sempre saia derrotado e o outro era o vencedor digno de um pouco mais te tempo vivo, prestes a continuar com a carnificina. Pelas minhas contas, pelo menos 10 pessoas já estavam mortas. Não que elas realmente fizessem diferença. Desde que não fosse Maxxi ou o meu fanho, estava tudo bem.

Um conforto: Édouard não estava participando do torneio, então não seria hoje que eu o veria morrer. Mas fico constantemente pensando em Maxxi. A única pessoa além de mim mesmo e do fanho com quem eu realmente me importo. Minha irmã era um dos meus poucos portos seguros. Uma das únicas pessoas em quem eu confiava plenamente e sabia que sempre poderia contar com.

Talvez fosse por isso que eu não conseguia processar o que estava acontecendo quando nossos nomes foram chamados, mesmo que a frase estivesse bem clara. Simplesmente não conseguia entender o que se passava, e agia no “automático” tentando não me descontrolar. Como fazia falta um cigarro agora.

Fazia dias que eu não via ninguém no acampamento. Depois do meu último incidente na Romênia, eu não tive muito tempo para me recuperar e ver ninguém. Era normal que a tensão entre mim e Maxxi fosse um pouco maior do que se esperava. A espada em uma mão e o bastão em outra. O braço que segura o bastão é o mesmo em que o broque está acoplado. Minha armadura é uma mistura de glória e terror, e eu estou pronto para avançar com tudo, mas ainda não entendo por que minha irmã.

Finalmente seguimos nossas direções, juntos, sem entender bem, até que tivemos que nos separar. Isso sempre deixa tudo mais claro, e é patético. Respiro fundo, com os olhos fechados, ouvindo Maxxi tentar falar, mas a interrompo, consciente de que ela não conseguiria terminar a frase sozinha.

Vai ficar tudo bem, Maxxine. Ninguém vai morrer. – Claro que haveria muita chance de um de nós morrer, mesmo que não quiséssemos nos matar, mas iríamos reviver, conforme os deuses prometeram. Eles não quebrariam uma promessa dessas.

Minhas asas são liberadas, e seu tom bordô, chumbo e dourado mostram que não estou assim tão contente com o torneio. Com a porta aberta, disparei para cima, minhas asas me impulsionando cerca de três metros no ar, onde parei e contemplei a arena ao meu redor. Nesse momento percebo onde estou e “contemplar” não parece mais a palavra certa. Uma arena de espinhos, completa de objetos que pareciam lanças cobrindo todo o local, incluindo o teto da cúpula. Semicerro os olhos, tentando encontrar pontos seguros para lutar. Agora eu tinha uma certeza: Ou eu ou Maxxine sairíamos mortos de lá.

Thanks Tess


Adendos:
Armas e Armadura:
• Espada Bastarda [Madeira e Aço // Espada com empunhadura de madeira e lâmina de aço de fio duplo, possui um metro e meio de comprimento, manuseada por duas mãos a menos que o semideus possua poder ou item que aumente sua força.]

• Bastão [Madeira e Aço // Bastão de madeira com um metro e cinquenta de comprimento e com ambas as pontas revestidas em aço.]

• Broquel [Aço // Pequeno escudo arredondado que se acopla no antebraço, protege apenas aquela região, tendo apenas quinze centímetros de diâmetro.]

• Elmo do Terror [Ferro Estígio // Capacete metálico que protege a cabeça e as laterais do rosto, deixando apenas a parte frontal exposta. Feito completamente de metal estígio, tem penachos pretos no melhor estilo espartano.]

• Luvas da Glória [Ouro Imperial // Par de luvas metálicas feitas de Ouro Imperial que protegem as mãos e os antebraços do semideus.]

• Couraça do Terror [Ferro Estígio // Peitoral de armadura feito em metal estígio, protegendo o tronco, os ombros e com um saiote metálico que protege as coxas e a cintura.]

• Grevas da Glória [Ouro Imperial // Caneleiras feitas em Ouro Imperial que protegem as pernas do semideus. Ficam nas canelas e joelhos.]

• Botas do Terror [Ferro Estígio // Par de botas metálicas que compõe a armadura. Protegem os pés e os tornozelos, chegando até o início da canela. Feitas de metal estígio.]
Poderes:
Ativos:
[Nível 02] Irracionalidade – A vingança é conhecida por ser, na maioria das vezes, irracional. Desse modo, o filho de Nêmesis por um momento, tomado por essa instinto irracional, terá todo o seu dano duplicado.
Gasto: 10 PR.
Duração: 1 turno.
Evolução: Durará dois turnos.



[Nível 04] A justiça falha, mas não tarda – O filho de Nêmesis, enquanto utiliza sua espada de reclamação, terá direito a um ataque indefensável contra o inimigo, que não deverá ser de forma alguma mortal (exemplo: coração). Poderá ser usado apenas uma vez por ocasião.
Gasto: 20 PR.
Evolução: Dois ataques indefensáveis.




[Nível 08] Ideal de Justiça – A justiça deveria estar em todo lugar, como era conhecida em algum tempo. Nesse caso, o filho de Nêmesis poderá localizar qualquer um à 2 quilômetros de distância.
Gasto: 30 PM.
Evolução: Aumentará para 5 quilômetros de distância.



[Nível 10] Equilíbrio – A justiça traz o senso de equilíbrio, portanto, o filho de Nêmesis poderá invocar clones em número igual ao número de inimigos, independente se há ou não aliados. Caso for somente um inimigo, será somente um clone. Este usará uma espada e terá 100 de PV//PR.
Gasto: 40 PM por clone.
Evolução: O clone poderá usar poderes passivos.
Passivos:
[Nível 01] Aura Neutra - Os filhos de Nêmesis não possuem uma manifestação de aura própria, porém, em um raio de 500m, as auras dos inimigos terão certa falha, não surtindo o exato efeito desejado.

[Nível 03] Perícia com Espadas – Os filhos de Nêmesis possuem extrema facilidade em manejar espadas, seja ela de qualquer tamanho, tipo ou peso. Terão facilidade de executar movimentos com as mesmas.

[Nível 05] Senso Crítico – Os filhos de Nêmesis possuem argumentos chocantes quando trata-se de justiça e vingança, seu senso crítico é por demais impressionante. Assim, normalmente, conseguirá convencer qualquer um de seus pontos de vista – inclusive inimigos –. Isso não quer dizer que fará com que pare a batalha ou impeça o inimigo de se defender.

[Nível 06] Asas Angelicais – Os filhos de Nêmesis possuem asas e podem voar com as mesmas, e as mesmas são grandes o suficiente para quase tocar o chão.  Além disso, estas possuem uma habilidade de mudar sua coloração de acordo com o humor do próprio, quando está mais irritado, adotará colorações mais fechadas e fortes, e quando está mais alegre, terá coloração clara e feliz. Quando neutro, terá a coloração branca.

[Nível 07] Respeito – Os filhos de Nêmesis impõe respeito mesmo com um único olhar, impedindo que assim seja atacado primeiramente. Para alguém ataca-lo, é preciso que ou o filho de Nêmesis já esteja em meio à alguma batalha, ou este já tenha atacado ofensivamente.

[Nível 09] Frieza Incomum – Os filhos de Nêmesis possuem uma frieza impressionante e são capazes de fechar-se para sentimentos e emoções. Os inimigos terão grande dificuldade para utilizar poderes que influenciam no sentimental e emocional do mesmo.


[Nível 10] Vendado – O filho de Nêmesis, ao ter a visão impedida por algum motivo, seja por cegueira ou até mesmo ao fechar os próprios olhos, terá os demais sentidos aguçadíssimos, podendo escutar e sentir odores, além de reconhece-los em um raio de 500m, poderá sentir diferença em sabores e identifica-los, poderá com o toque sentir qualquer vibração.


Smiley face

Progênie de Nêmesis
Progênie de Nêmesis
avatar
Valentin Maximoff
Título : Novato
Idade : 21

Ficha do personagem
PV:
520/520  (520/520)
PM:
520/520  (520/520)
PR:
520/520  (520/520)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Arena] Décima Terceira Arena de Combates: Maxxine x Valentin

Mensagem por Tártaro em Dom Ago 30, 2015 9:39 pm

1. Narração


A luta certamente iria ficar animada. Uma batalha mortal entre irmãos? Excitante por demais. Todos nas batalha anteriores tinham lutado com magnificência, menos aqueles que desistiram na última hora. Agora a batalha dos dois iria se desenrolar.

De um lado o filho de Nêmesis observou a arena e retornou ao chão, como de praxe a batalha seria intensa, agora ambos estavam fechados e não teria volta, a cúpula se fechou e ambos os semideuses de Nêmesis se olharam, não havia sinal algum, eles poderiam começar como bem intendessem.

2. Adendos


Max:

Status:

PV - 300/300
PM - 300/300
PR - 300/300
Saúde:

Val:

Status:

PV - 300/300
PM - 300/300
PR - 300/300
Saúde:
 


Segue todos as instruções e afins:


  • RESSALTANDO QUE EM BATALHAS DE RECLAMADOS AS HABILIDADES DO TORNEIO NÃO SÃO USADAS!
  • A partir de agora está permitido ações ocultas, caso não saibam seu significado, me perguntem pelos contatos MP/Skype.
  • Não precisam narrar tudo que foi dito no post, fica a critério de vocês, onde começar, onde parar.
  • Vocês devem colocar tudo que foi posto na ficha de inscrição, desde itens até as habilidades, em Spoiler, seguindo a instruções dos posts anteriores.
  • Vocês tem até sexta (28), ás 19:00 horas pra postar; mas quanto mais rápido postarem, mais rápido eu posto.
  • Deixar de postar sem justificar não é bom. Vocês podem ficar até duas rodadas sem postar no torneio, depois disso estão nas mãos de seu adversário, onde estes podem fazer o que quiserem com você. (Exemplo: Não postei na intro, não postei no primeiro round, seu oponente narra o que quiser no segundo e se você não postar é concretizado, se postar sairá no minimo machucado)
  • Qualquer necessidade: MP ou Skype (gabrielcintram)
  • As demais regras podem ser encontradas aqui/no post acima.



R
O
U
N
D
Deuses
Deuses
avatar
Tártaro
Título : Indefinido

Ficha do personagem
PV:
9999999/9999999  (9999999/9999999)
PM:
9999999/9999999  (9999999/9999999)
PR:
99999990/9999999  (99999990/9999999)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Arena] Décima Terceira Arena de Combates: Maxxine x Valentin

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum