B*TCH, Better have my money

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

B*TCH, Better have my money

Mensagem por Édouard Saint-Exupéry em Ter Abr 21, 2015 3:50 am

Stuck in speed bump city


O
fato é que depois de uma série de treinos e missões dentro do Acampamento, eu estava farto daquele lugar. Embora, no final das contas, aquela brincadeira, Caça à Bandeira, tenha terminado em empate, ainda assim, consegui uma boa quantidade de dracmas graças a apostas que fiz. Com a estiagem que o Acampamento está sofrendo, eu deveria ter doado o dinheiro ao nosso centauro-chefe, mas não foi bem isso que aconteceu.

Tanto tempo sem saber o que é fartura... Uma escapulida do Acampamento se mostrou mais do que necessária. Já tinha feito treinos suficientes para garantir a minha segurança. Argos, o motorista do Acampamento, me deixou no centro de NY (depois de convencê-lo que estava indo comprar suprimentos) e, desde àquela hora, já fiz taaanta coisa. Tanta... A primeira parada foi um Mc Donalds, peguei um lanche cheio de bacon, pedi uns sorvetes de sobremesa e ainda repeti o meu pedido. De lá, fui para um shopping, onde comprei alguns acessórios bacanas: um óculos escuro com armação dourada, um boné prateado e algumas correntes. Sim, tentando imitar aqueles rappers de televisão.

Ao entardecer, encontrei um cassino. Um baita de um cassino. Se a sorte tinha me trouxe tanto dinheiro, por que descartá-la?

No meio da noite, ainda não tinha esbarrado com nenhum monstro. A única presença estranha foi de um campista que também tinha participado daquele jogo, mas no time rival. Passei com ele o resto da minha noite. O filho de Deméter mostrou ser uma companhia interessante, ainda mais quando me conseguiu uma ID falsa e me ensinou a beber. Em poucas horas pós nosso encontro, eu já estava bêbado. Muito bêbado. O garoto se disponibilizou a me levar para o quarto de Hotel e me ajudar a recompor. Concordei depois que ele se rendeu às minhas reinvindicações: duas garrafas de Chandon e mais um monte de pacote de Ruffles.

Quando entro no corredor e encaro a porta do meu quarto, começo a apalpar os bolsos - Onde eston as chafes? – não sei se perdi ou se estou tão bêbado ao ponto de não senti-las.

Itens:

Todos do arsenal, exceto mascote
In this trouble town Troubles are found In this trouble town Fools are found. Sitting on the pavement, Boy you’ve missed your payment And they’re gonna find you soon.



Última edição por Édouard Saint-Exupéry em Ter Abr 21, 2015 4:43 am, editado 3 vez(es)



GREEN LANTERN DOESN'T CARE



Take it. Close your eyes. Go on.
Now, can you remember exactly how you felt that day?
That's how I feel when I'm flying.

SIM, LATERNA VERDE.
Lidem.


Progênie de Éolo
Progênie de Éolo
avatar
Édouard Saint-Exupéry
Título : Batata Frita
Idade : 19

Ficha do personagem
PV:
560/560  (560/560)
PM:
560/560  (560/560)
PR:
560/560  (560/560)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: B*TCH, Better have my money

Mensagem por Remo L. Pride em Ter Abr 21, 2015 4:15 am


You Is My




Before The Beggin, You Is My...

So Trouble● Double Trouble



Paciência podia ser demais. Todos tinham um limite, e a de Remo estava quase estourando. Podia claramente se levantar e ir embora dali, claro. Mas bem, ele ainda tinha o rapaz bêbado, e sua tolerância a venenos fazia com que nem mesmo se bebesse toda aquela prateleira de bebidas conseguisse se embebedar.
Mas ele fingia... E como fingia bem.

Podia confessar que lugares barulhentos como aqueles não fazia seu tipo. Claramente, Pride era sorrateiro, e preferia coisas assim... A não ser quando queria se divertir as custas de alguém. Aí lugares como aquele cassino virava o perfeito paraíso.

Manipular palavras era seu forte. E assim, deixar o monitor trepo de bebida não foi difícil. Aceitar que ele o guiasse até seu quarto, não iria ser difícil. E lá poderia escolher o que fazer com ele, e pelo seu incrível histórico de monitores mortos... Talvez aquele só fosse mais um.
Ser negado era impossível. Um belo charme e de modéstia parte, a boa aparência não faltava no devoto da Discórdia.

Subiu com ele até seu quarto, para depois de tudo aquilo, ouvir que ele nem ao menos achava suas próprias chaves.
Revirou os olhos, cansado.

Remo finalmente avançou e então agarrou o rapaz, o encochando.
Suas mãos iam firmes e furtivas pelo bolso de sua calça enquanto beijava seu pescoço, deixando leves marcas e não economizando na lábia, me afastei, encostando na parede do corredor enquanto sorria, apreciando a chave em um falso sorriso.
-Quando eu te entregar... Vamos fazer o que aí dentro?




Semideuses, seus progenitores e níveis

    Remo L. Pride
    Édouard Saint-Exupéry

Armas disfarçadas:

• Foice do Néctar [Bronze Celestial // Uma foice forjada em bronze celestial com um metro e oitenta de altura, e mais sessenta centímetros de lâmina. Quando não está em uso possui a habilidade de se transformar em um anel. Uma vez por missão é possível soltar um estranho pólen no ar que paralisa o inimigo // Presente de reclamação de Deméter]. - Dedo

• Coroa da Terra [Bronze Celestial // Disfarçada em uma coroa de louros, é uma coroa de bronze celestial que dá ao semideus um melhor controle da fauna e da flora. O controle aumenta com o nível do filho de Demeter, além de dobrar efeitos de poderes relacionado a natureza. // Presente de reclamação de Deméter].

• Amuleto Mágico [Colar // Prata e Esmeralda // Um amuleto encantado por filhos de Hécate e feiticeiros de Circe e vendidos para loja de itens do acampamento, curam 200 PM e 150 PR uma vez por evento/missão/treino // Loja do Acampamento]. - Bolso

• Rosa Negra [Couro // Uma capa negra com o desenho de uma rosa tingido de prata em seu centro. Cobre as costas do usuário apenas, podendo ser puxada para frente se necessário. A capa possui a capacidade de bloquear completamente um ataque de seu oponente apenas uma vez por missão // Missão Hunter // Atualizado por Érebo]. - Costas

• Luva do Sono [Couro // Par de luva de couro que, uma vez por missão, ao entrar em contato com a pele de alguém fará com que o mesmo fique um turno adormecido // Missão Narrada // Atualizado por Nêmesis]. - mãos

• Bracelete Vital [Bracelete // Prata // Um bracelete encantado por filhos de Hécate e feiticeiros de Circe e vendidos para loja de itens do acampamento, curam 200 de PV e 150 de PR uma vez por evento/missão/treino // Loja do Acampamento]. -Braço

• Smokescreen [Colar // Ferro Estíge // Corrente de colar forjada em ferro estíge sem nenhum pingente. Possui a habilidade de desfazer o corpo do usuário em fumaça assim que receber um golpe. Esse poder pode ser usado duas vezes por combate, e após se desfazer o semideus só pode voltar a agir no próximo turno // Loja de fama // Requer nível de terror Criminoso]. -PEscoço






BANG BANG, BITCHS!

Anarquistas da Discórdia
Anarquistas da Discórdia
avatar
Remo L. Pride

Ficha do personagem
PV:
980/980  (980/980)
PM:
980/980  (980/980)
PR:
980/980  (980/980)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: B*TCH, Better have my money

Mensagem por Édouard Saint-Exupéry em Ter Abr 21, 2015 4:38 am








Stuck in speed bump city


E
nquanto encosto a testa na porta do quarto, tentando me recompor depois de tanto álcool diluído no meu sangue, sinto uma aproximação estranha. Protesto, penso em soltar um “HEI, QUALÉ”, mas o máximo que escapa é um gemido meio abafado. Ao contrário de mim, ele apalpa meus bolsos e encontra a chave. Deuses... O que eu tô fazendo? Bêbado... Na porta do quarto... Com esse cara barbudo... Eu não devia estar fazendo isso.

Ele me faz uma pergunta, sem saber o que responder, apenas concordo com a cabeça. Um banho, por favor, suplico mentalmente. Se os filmes estiverem certos, água gelada pode ajudar a neutralizar parte do efeito do álcool. Levo a mão até o pescoço, percebo que ele está molhado. Sim, um beijo no pescoço fez parte do pacote de carícias do Remo. Isso é quase um abuso.

Mas ô abuso bom.

Fecho os olhos, encosto-me na porta, meio cambaleando, meio sonolento, meio um monte de coisas - Entra comigo - sugiro.


Itens:
Todos do arsenal, exceto mascote

In this trouble town Troubles are found In this trouble town Fools are found. Sitting on the pavement, Boy you’ve missed your payment And they’re gonna find you soon.




GREEN LANTERN DOESN'T CARE



Take it. Close your eyes. Go on.
Now, can you remember exactly how you felt that day?
That's how I feel when I'm flying.

SIM, LATERNA VERDE.
Lidem.


Progênie de Éolo
Progênie de Éolo
avatar
Édouard Saint-Exupéry
Título : Batata Frita
Idade : 19

Ficha do personagem
PV:
560/560  (560/560)
PM:
560/560  (560/560)
PR:
560/560  (560/560)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: B*TCH, Better have my money

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum